Prefeitura tem novo cronograma de recapeamento; Veja a programação dos bairros para 2020

Recapeamento em novo cronograma

O secretário de Obras Públicas, Reginaldo Peronti, anunciou nesta quarta-feira, 20 de novembro, que em virtude de alterações no cronograma de liberação dos recursos do convênio estabelecido entre o município e a Caixa Econômica Federal, por meio do Programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento – FINISA, para recuperar 956 quarteirões, um investimento de R$ 20 milhões, a Prefeitura também alterou a programação dos serviços.

 

De acordo com o secretário o trabalho começou sendo realizado por três equipes, porém com a alteração da liberação dos pagamentos, foi necessária uma reprogramação e consequente redução das equipes. “O cronograma de execução do recape também sofreu alterações devido às chuvas e necessidades de obras de infraestrutura, em especial nas redes de água e esgoto, além do corte de árvores que atrapalham o trânsito dos caminhões e rolos de compactação durante a execução do recapeamento”, explica Reginaldo Peronti.

 

Mesmo com a redução de equipes, de setembro até o início de novembro, 75% do serviço previsto no convênio com a CEF já foi feito. Foram recapeadas vias dos bairros Boa Vista, Jardim das Torres, Bela Vista, Vila Pelicano, Antenor Garcia, Redenção, Recreio São Judas Tadeu, Jardim Maracanã, Jardim Tangará, Douradinho, Parque Primavera, Astolpho Luís do Prado, Parque Estância Suíça, Tijuco Preto, Vila Costa do Sol, prolongamento da Vila Monteiro, Vila Marcelino e Vila Isabel.

 

Até o final de dezembro ainda serão contemplados os bairros Planalto Paraíso, Jardim Alvorada, Arnon de Mello e Jardim Paulistano. Os bairros Jardim Centenário e Romeu Tortorelli dependem de uma troca das redes de água e esgoto para permitir a execução posterior do recapeamento, porém com a chuva, o SAAE alterou os prazos das obras e o recape deve ser feito nesses locais somente no início de janeiro de 2020, assim como no Santa Felícia, Jardim Santa Paula, Jardim Cruzeiro do Sul e Jardim Pacaembu.

 

Peronti explicou, ainda, que as vias de maior fluxo, como a avenida Trabalhador São-carlense e a rua Miguel Petroni, receberão o serviço durante o recesso escolar. “Nesse período ocorre uma diminuição do fluxo de tráfego na região de acesso às universidades”.

 

Todas essas áreas estão especificadas no contrato de recapeamento referente aos R$ 20 milhões estabelecido com a Caixa Econômica Federal.

 

Em 2020 também serão recapeados mais 1.500 quarteirões e atendidos outros 27 bairros com o financiamento conquistado junto ao Banco do Brasil no valor de R$ 30 milhões. Nessa etapa receberão os serviços os seguintes bairros: Jardim Medeiros, Jardim Beatriz, Vila Carmem, Boas Vista (1 e 2), Recreio dos Bandeirantes, Jardim Paulista, Jardim Bandeirantes, Acapulco, São Carlos III, Ipanema, Santa Mônica, Jardim Brasil, Vila Monteiro, Jardim Ricetti, Portal do Sol, Cardinalli, Bicão, Vila Nery, Centro (trechos da ruas XV de Novembro, Carlos Botelho e Rui Barbosa), Jardim Tortorelli (duas últimas ruas), Samambaia, Vila Marina, Jacobucci, Vila São José, Munique, Itamarati, Maria Stella Fagá e trechos da avenida Trabalhador São-carlense, próximo à USP e terminal rodoviário.