331 exames positivos de COVID em um dia: É hora do Lockdown em São Carlos!

Hospitais com UTIs lotadas, áudios aterrorizantes do secretário de saúde, pessoas morrendo em casa, nas Unidades de Pronto-Atendimento, reportamos essa semana o óbito de um jovem de 30 anos e nesta segunda, 15, batemos o recorde de positivados: 331 exames confirmados para a cidade e a própria Prefeitura já disse que o quadro é alarmante. É hora de discutirmos o lockdown. O mais engraçado é ver o argumento dos negacionistas: os 331 são do fim de semana, é verdade, mas já tivemos dias com mais de 200 positivos em 24h, qual vai ser a desculpa dessa vez?

A situação é caótica, é o momento de se parar todas as atividades para que possamos fazer como Araraquara e cortar a transmissão do vírus, não é vergonha alguma “copiar” os nossos vizinhos em algo que está correto. A transmissão do vírus em Araraquara foi cortada ao ponto de vermos o número de positivados cair. Chegou a hora de uma atitude corajosa, pois está mais do que certo que vivemos o apogeu desse pesadelo chamado pandemia de COVID-19.

Não há mais espaço nas UTIs, os leitos estão ocupados e as pessoas não atendem aos pedidos do Governo Estadual para evitar festas, aglomerações, não se protegem usando máscara e muito menos incentivam os hábitos de higiene. Muitas pessoas da nossa sociedade parece que não entendem, por mais que se fale, a gravidade do momento que vivemos, só vão começar a se preocupar quando alguém da própria família morrer  ou então quando estivermos a beira de um colapso funerário, que também pode acontecer em todo o Brasil.

O prefeito Airton Garcia fez todo o possível para conter a pandemia, aumentou leitos, tem a fiscalização nas ruas, mas ele não é um semideus que resolve todos os problemas e talvez essa parada seja o momento mais certeiro para termos a coragem de colocar nossa cabeça no lugar. Não podemos deixar mais são-carlenses morrerem por falta de ar, morrerem agonizando porque não há leitos. Que mundo cruel é esse que criamos?

O lockdown é um momento onde vamos precisar da solidariedade de todo mundo e enquanto não houver vacinas para todos essa, sem sombra de dúvidas, é a melhor estratégia para baixarmos o contágio do vírus neste momento.

Nosso sistema de saúde não tem mais espaço para ninguém ou vamos conseguir montar novas vagas de UTI? Não há nem profissionais para trabalhar nessa área no mercado justamente no período mais conturbado da pandemia. Aqui também é preciso dizer que o Governo Federal tem grande parcela de culpa em tudo o que país vive, estamos à deriva e precisamos proteger nossa comunidade, nossa gente. Até quando iremos perder pessoas para esse peste chamada COVID-19?

Alguma coisa tem que ser feita e necessita ser realizada imediatamente, como está, não dá para ficar!

Renato Chimirri