52 dias sem chuva deixam São Carlos com clima de deserto

Sol continua firme

São Carlos está sem chuvas consideráveis há pelo menos 52 dias e isso já acarreta consequências na lavoura e também na vida das pessoas na cidade, afinal este período além de ser marcado pela infecção de Coronavírus (estamos em plena pandemia) também é caracterizado por doenças que agridem o trato respiratório.

No dia 6 de maio, quinta passada, São Carlos registrou apenas 25% de umidade relativa do ar, quando o ideal é de 60% e o bloqueio atmosférico continua impedindo que as chuvas cheguem à região. Essa situação é causada pelo La Niña que influencia diretamente o resfriamento das águas do Pacífico.

Há possibilidade de chuvas para a cidade somente nos dias 16 e 17 de maio, ou seja, daqui uma semana pelo menos. Por enquanto, a ordem é usar muito soro fisiológico, umidificadores de ambientes e evitar atividades físicas entre às 10 da manhã e 16 horas, período de maior secura do tempo.

Por enquanto, o tempo está caracterizado por período secos e relativamente quentes durante o dia, com queda acentuada de temperatura no período noturno, o que propicia a impressão de estarmos em um grande deserto.