A idiotice de se propagar Fake News sobre o Coronavírus em São Carlos

É fato comprovado que o são-carlense e o resto da população do planeta está assustadíssima com a pandemia de Coronavírus que tomou conta de nossas vidas nos últimos tempos. Somente na cidade são 30 suspeitos, um confirmado e três pessoas (que se recuperem, logo!) internadas nos hospitais. Somente esses dados para uma cidade de pouco mais de 250 mil habitantes já deveriam ser suficientes para nos comover e acender a luz vermelha em cada residência.

Porém, ainda há pessoas que não tem um pingo de compaixão pelo próximo e soltam notícias falsas via whatsapp (hoje um aplicativo indispensável, porém o maior propagador de mentiras do mundo moderno) para seus semelhantes.

Ontem, a Prefeitura viveu uma saia justa, um suposto decreto do prefeito que falava sobre fechamento de casas noturnas deu muito transtorno. Algumas pessoas em meio ao medo da pandemia, gente que vive da noite honradamente, ficou desesperada, porque viu a notícia se espalhar e isso causou um dano mental que é praticamente irreparável para quem o sofreu. Como se já não bastassem os prejuízos que se avizinham com o Coronavírus, ainda somos obrigados a aguentar a falta de escrúpulos com mentiras espalhadas pela rede mundial de computadores.

A Prefeitura foi obrigada a emitir uma nota sobre o assunto: “A imagem do suposto Decreto nº 120, que versaria sobre fechamento de casas noturnas, é uma imagem FALSA. A Prefeitura Municipal comunica ainda que abrirá sindicância interna para apurar o responsável pela divulgação, que causou transtorno e desinformação”.

No momento isso não aconteceu, portanto, por que propagar mentiras?

Para piorar, no whatsapp também rolavam áudios de gente se passando por autoridades locais confirmando que medidas drásticas serão tomadas por conta do Coronavírus, ou seja, impondo ainda mais medo para quem já está acuado.

Gente, é evidente que as medidas drásticas serão tomadas, mas é fundamental que deixemos as autoridades constituídas anunciarem esses passos, pois eles são fundamentais para podermos sobrepujar a pandemia e livrar São Carlos dessa peste do século XXI.

Quem repercute mentiras, sem antes checar a veracidade dos casos, precisa repensar suas atitudes, pois sua mensagem pode chegar a um idoso e obriga-lo a sair de casa e o mesmo poderá até ser contaminado pela pandemia e entrar em óbito. É isso mesmo que você quer?

Vamos pensar bem, não passe para frente notícias mentirosas, não espalhe informações sem confiabilidade, não seja um boçal “tiozão do zap”, terraplanista, anti-vacina e propagador de fake news.

Lembremos que a internet é um instrumento criado pelo homem para ajudar a integrar a comunidade e não para contribuir à desgraça das pessoas.

 

Renato Chimirri