Airton assina ordem de serviço para início das obras no Parque São José

Obras vão começar

O prefeito Airton Garcia, acompanhado do deputado federal, Júnior Bozella e do secretário de Obras, João Muller, assinou nesta sexta-feira (15/10), no Paço Municipal, a ordem de serviço para o início das obras de pavimentação e drenagem do Parque São José. A obra foi licitada e o investimento será de R$ 6.434.635,12, valor da menor proposta apresentada pela empresa DATEC, vencedora da Concorrência Pública nº 01/2021 – Processo nº 5325/2021.


A pavimentação e infraestrutura desse parque industrial é uma reivindicação que há mais de 30 anos vinha sendo discutida e que envolveu licença ambiental antes do início do projeto. Os recursos são provenientes do Governo do Estado que enviou R$ 11 milhões para obras contra enchentes, porém como a justiça determinou que a empresa RUMO é a responsável pela obra de ampliação da seção da FEPASA à jusante da Rotatória do Cristo no valor de R$ 9.773.980,82, a Prefeitura de São Carlos entrará somente com contrapartida no valor de R$ 2 milhões, ficando o restante da verba, cerca de R$ 7 milhões, direcionada para a pavimentação e drenagem do Parque São José.


De acordo com o projeto será realizada a pavimentação asfáltica em 40.393,20 m² de área total; com 8.185,29 m² de guia e sarjeta; 9.117,38 m² de canteiro central (grama); 17.199,77 m² de passeio público, 48 bocas de lobo simples; 22 unidades de bocas de lobo duplas; 43 poços de visita; com tubos de concreto DN de 600mm, 800mm, 1000mm e 1200mm.


João Muller, secretário de Obras Públicas, disse que a empresa já pode iniciar os trabalhos na segunda-feira, dia 18, e que terá 240 dias para executar a drenagem e pavimentação. “Se a chuva não atrapalhar a empresa poderá finalizar os trabalhos em 150 dias. Também vamos interligar um emissário de águas pluviais do Cruzeiro do Sul para o piscinão da CDHU. O serviço de drenagem, merece destaque nessa obra”, ressaltou o secretário.


Muller também destacou que a Prefeitura está licitando a obra do piscinão da Travessa 8. “Em breve abriremos os envelopes com as propostas. O investimento deve ultrapassar R$ 3,2 milhões com recursos da própria Prefeitura. A ideia do projeto, é que o piscinão acumule o excesso da água da chuva captada na Vila Prado, evitando que chegue no bairro Lagoa Serena, aliviando também, o volume de água no centro da cidade por meio do córrego do Simeão”.


Para o deputado federal Júnior Bozella, um dos responsáveis pelos recursos para a cidade, a obra é uma conquista de todos. “Foi um esforço coletivo. Trabalhamos com menos discurso, mas sempre em busca de recursos para melhorar a qualidade de vida das pessoas. Tenho um carinho muito grande por São Carlos e tenho certeza que aqui os recursos sempre são aplicados com eficiência pelo prefeito Airton Garcia”.


Emerson Chu, diretor titular do CIESP, lembrou que o processo estava parado por ser uma área de cerrado. “As primeiras discussões para a retomada do assunto foram realizadas em 2018. Na época nos reunimos com o secretário José Galizia Tundisi e discutimos as possibilidades para resolver esse problema. Criamos uma Comissão com industriais do Parque São José e iniciamos o trabalho junto à Cetesb que, então, compreendeu que a construção da lagoa de retenção geraria baixo impacto ao meio ambiente e liberou a obra”, relatou Chu.


O prefeito Airton Garcia agradeceu a presença e ajuda do deputado Bozella por intermediar o diálogo com o Governo do Estado. “O Parque São José é um local importante para a cidade, reúne 300 empresas, portanto oferece muitos empregos para os são-carlenses. A pavimentação e drenagem desse local é uma reivindicação antiga dos empresários, porém no nosso primeiro mandato tivemos que pagar as contas atrasadas e limpar o nome da cidade, também foi necessário investir na saúde e no recapeamento de vias, mas nunca deixei de pedir recursos para o Parque São José. Agora finalmente assino a ordem de serviço para deixar o distrito industrial do jeito que todos merecem”, comemorou o prefeito Airton Garcia.


Também participaram da assinatura os vereadores Dé Alvim, Malabim, Ubirajara Teixeira (Bira), Robertinho Mori, Tiago Parelli e Sérgio Rocha, além dos secretários municipais de Serviços Públicos, Mariel Olmo, de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Caio Graco, de Fazenda, Mário Luiz Duarte Antunes, de Comunicação, Mateus de Aquino, de Educação, Wanda Hoffman, de Cidadania e Assistência Social, Glaziela Solfa Marques e o chefe de gabinete da Prefeitura, José Pires (Carneirinho).