Airton diz que continuará “passando o chapéu” em Brasília e SP para buscar recursos para São Carlos

Obras na Baixada

O Diário Oficial da União desta segunda-feira (04/01/21) publicou a portaria nº 3.304, que autoriza o repasse de recursos, a título de transferência obrigatória, para ações de Defesa Civil, ao município de São Carlos, no valor de R$ 503.731,43.
Os valores são referentes ao pedido feito pelo prefeito Airton Garcia, em Brasília, no dia 2 de dezembro de 2020, ao secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas, para a reconstrução dos estragos causados pela chuva de 138 mm que atingiu a cidade no dia 26 de novembro do ano passado.


Os valores repassados não são para obras contra enchentes, mas para ajudar o município que já usou recursos próprios para reconstruir a pavimentação de vias destruídas pela tempestade.


De acordo com o secretário de Serviços Públicos, Mariel Olmo, por determinação do prefeito Airton Garcia, a recuperação foi feita de forma emergencial já que os maiores estragos foram na região da baixada do mercado, o que afetou diretamente o comércio. “A Prefeitura trabalhou rapidamente para recuperar as ruas e avenidas atingidas, com o intuito de liberar o trânsito evitando transtornos aos motoristas. Com investimento no valor de R$ 1.050.000,00, fizemos a recuperação de todos os estragos causados pelas enchentes, agora a Defesa Civil Nacional está nos enviando aproximadamente 50% do que investimos, o que já ajuda”, avalia Olmo.


Na região central da cidade, os trabalhos se concentraram na rua Episcopal, próximo ao Calçadão, e trechos da avenida Comendador Alfredo Maffei junto a rotatória da Praça Ângelo Luporini, cruzamento das ruas Jesuíno de Arruda, José Bonifácio e Geminiano Costa. Outros pontos afetados pelas enchentes, como o bairro Lagoa Serena, os trabalhos de recuperação dos estragos também foram realizados, além da travessa 4 (rua Ananias Evangelista) na Vila Carmem, próximo ao Jardim Bicão, onde foram refeitas as calçadas, guias e parte do asfalto que também foi destruído pela força das águas.


O chefe de gabinete da Prefeitura, José Pires (Carneirinho), relembra que logo que as imagens da enchente foram divulgadas tanto pela internet como por todas as emissoras de televisão do país, com ajuda do deputado federal Júnior Bozella (PSL), imediatamente foi agendada a audiência do prefeito com o secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas. “Esses valores liberados são para a execução de ações de resposta, os recursos para obras contra enchentes ainda não saíram, mas vamos continuar solicitando ajuda da União para os projetos aprovados”.


Para o vice-prefeito Edson Ferraz o importante é que as tratativas continuem tanto com o Governo Federal como do Estado. “Temos muitos projetos para execução, porém precisamos de recursos externos, nenhum município hoje tem dinheiro para investimento, o cobertor é curto e as obras contra enchentes extremamente necessárias”.


O prefeito Airton Garcia garantiu que vai continuar passando o chapéu nos corredores da Presidência da República. “Agradecemos o recurso liberado, agradeço o coronel José Wilson do gabinete presidencial, mas precisamos também de recursos para obras de infraestrutura. Já temos a promessa do Governo do Estado que também deve estar nos liberando recursos na ordem de R$ 11 milhões, sendo R$ 856.350,24 para ampliação da seção do Córrego Mineirinho na Rotatória Cristo, R$ 9.773.980,82 para obras de ampliação da seção da FEPASA à jusante da Rotatória do Cristo e mais R$ 600 mil para fazer um muro de arrimo no Jardim Gonzaga, inclusive a maior obra deve ser licitada diretamente pelo Estado. Precisamos construir mais piscinões e outras obras, além das que a RUMO também já se comprometeu”, disse o prefeito.


Os relatórios enviados à Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil para a liberação de recursos foram feitos pela Defesa Civil de São Carlos.

CHUVAS 2020- A Defesa Civil de São Carlos divulgou nesta segunda-feira (04/01/21) as informações meteorológicas referentes ao ano passado inteiro. Em 2020 o total de chuva precipitada foi 2.618.88 mm, recorde de volume nos últimos 15 anos, sendo que somente em novembro choveu 397.7 mm e em dezembro 510 mm.