Airton pede consciência ao povo e diz que mortes por COVID mostram que São Carlos está perdendo a guerra para o vírus

Airton está no hospital

Com 163 óbitos confirmados e 11522 casos positivos, o prefeito Airton Garcia, afirmou à reportagem que São Carlos precisa de união e que o povo tem que se conscientizar da gravidade do momento vivido pela sociedade em função da pandemia de COVID-19.

Segundo Airton, São Carlos foi o primeiro município que correu atrás de medidas que pudessem amenizar a pandemia, inclusive publicando decretos sobre o assunto. “O primeiro decreto visava tomar atitudes para diminuirmos o estrago causado por essa doença, isso em março de 2020”, disse.

O prefeito explicou que seu governo sempre seguiu a ciência. “Sempre seguimos o que os médicos, cientistas recomendam e vamos continuar fazendo tudo o que for possível para minimizar os efeitos, mas zerar os casos é difícil, posso garantir que fazemos tudo o que é recomendado, precisamos da colaboração de toda a população e não apenas dos profissionais que atuam no sistema de saúde”, pondera.

De acordo com o prefeito, o momento pede que o povo faça a sua parte. “Pedimos reforço no trabalho da Secretaria de Saúde, todo estão empenhados, mas é aquilo que eu sempre falo, se morrer uma pessoa, não estamos ganhando essa guerra, não adianta nada publicar leis e decretos, precisamos que os são-carlenses colaborem cumprindo o distanciamento, o isolamento, asseando as mãos, temos que nos conscientizar que essa é uma doença grave e não estamos vencendo, ao contrário, estamos perdendo, sem o povo, só o prefeito e os secretários não conseguirão derrotar o vírus”, finaliza.