ALELUIA: UPA da Santa Felícia é reaberta pela Prefeitura

UPA é reaberta

A Unidade de Pronto-Atendimento da Santa Felícia foi reaberta na tarde desta sexta, 31, pela Prefeitura de São Carlos. Fechada desde 2017, a UPA se transformou num dos calcanhares de Aquiles do governo Airton Garcia e agora volta a atender a população.

A unidade foi construída com investimentos de R$ 2,13 milhões do Ministério Saúde e contrapartida do município e conta com salas de recepção e de espera, consultórios médicos, salas de ressuscitação, medicação, inalação, sutura, curativo, ortopedia, raio-x, leitos de observação clínica masculina, feminina e infantil, consultório odontológico, entre outras repartições como acesso exclusivo para ambulâncias e área administrativa com almoxarifados e salas para arquivo.

Localizada na avenida Miguel Petroni com a rua Bruno Ruggiero Filho, a UPA do Santa Felícia fará novamente o atendimento de urgência e emergência 24 horas por dia, melhorando significativamente o atendimento à população. A UPA com área de construção de 1.370,40m² distribuídos em dois pisos, contará a partir de agora com 50 profissionais. No período em que esteve aberta à unidade chegou a atender mais de 200 usuários do SUS (Sistema Único de Saúde) por dia.

De acordo com secretário de Saúde a reabertura foi possível em virtude da contratação pelo último concurso público. “Foram contratados assistentes administrativos, auxiliares de enfermagem e 12 médicos de urgência e emergência, mesmo assim contamos com profissionais de uma empresa de plantonistas que presta serviço para a Prefeitura para completar a escala médica”, explica Marcos Palermo.

Agora, o município vai informar o Ministério da Saúde e solicitar o recredenciamento da unidade para voltar a receber R$ 100 mil por mês do Governo Federal para custeio. Os recursos para o restante do custeio de uma unidade de urgência e emergência como do Santa Felícia, cerca de R$ 800 mil mensais, são provenientes de recursos do próprio município.

Quatro médicos de urgência e emergência vão trabalhar na UPA Santa Felícia, sendo dois por cada plantão de 12 horas.

Fotos: Maurício Duch