“Anísio Teixeira presente: a defesa da escola pública no Brasil da Primeira República aos dias de hoje”

Numa iniciativa do GT-Educação da ADUFSCar – Sindicato, realiza-se no próximo dia 12 de março, ás 14h00, no Teatro Florestan Fernandes (UFSCar – Campus de São Carlos), a palestra “Anísio Teixeira presente: a defesa da escola pública no Brasil da Primeira República aos dias de hoje”, apresentada pelo Prof. João Augusto de Lima Rocha, recordando-se, exatamente neste dia, a trágica morte de Anísio Teixeira, o patrono da escola pública brasileira, vitimado pela ditadura militar (12/03/1971).

A palestra discorrerá principalmente sobre as contribuições dadas por Anísio Teixeira para a educação e cultura brasileira e a compreensão que o mesmo tinha sobre o papel da escola pública na construção e consolidação da Democracia, bem como as circunstâncias de sua morte, temas que também fazem parte do livro que será lançado no decurso do evento, da autoria do palestrante, subordinado ao tema “Breve história da vida e morte de Anísio Teixeira – desmontada a farsa da queda no fosso do elevador”.

 

Nascido em Gentio do Ouro (BA), João Augusto de Lima Rocha é Professor Titular da Escola Politécnica da Universidade Federal da Bahia, tendo-se aposentado em 2017. É Graduado em Engenharia Civil pela Escola Politécnica da UFBA (1972); Mestrado em Engenharia Civil (Estruturas) pela COPPE-UFRJ (1976) e Doutorado em Engenharia de Estruturas pela USP-São Carlos (1999).

 

Foi presidente da Associação dos Professores Universitários da Bahia – hoje APUB-Sindicato (1985-1987); diretor executivo da Fundação Anísio Teixeira (1989-1992) e Pró-Reitor de Ensino de Graduação da UFBA (1992-1993), tendo liderado o processo de organização da Fundação Anísio Teixeira, na Bahia (1989).

 

O palestrante é autor de dezenas de artigos, vídeos e palestras sobre a vida e a obra de Anísio Teixeira.