ANVISA poderá aprovar uso de Coronavac para faixa etária de 3 a 17 anos

Coronavac: novas entregas/Rovena Rosa

Nesta segunda-feira (17/1), a Anvisa realizou mais uma reunião sobre a vacina CoronaVac. O encontro on-line e fechado reuniu especialistas da Agência e do Instituto Butantan. A atividade faz parte do processo de avaliação do pedido de indicação da vacina produzida pelo Butantan para crianças e adolescentes na faixa de 3 a 17 anos. 

A Anvisa apresentou parte da análise que está em andamento, realizada a partir de dados protocolados pelo Instituto Butantan. Foram discutidas também as novas fases da avaliação.

Por se tratar de uma solicitação de autorização de uso emergencial, a decisão é tomada pela Diretoria Colegiada, com base em subsídios apresentados pela Gerência-Geral de Medicamentos e Produtos Biológicos (GGMED) e pela Gerência de Farmacovigilância (GFARM). Cada diretor irá elaborar seu voto e, caso haja maioria simples para a aprovação, o uso emergencial será concedido.