Aprenda a identificar os tipos de fome e perca peso sem sacrifícios

Ansiedade, tédio, estresse e até mesmo alguns hábitos negativos podem ser grandes vilões para quem deseja perder peso. Nesses casos, é importante conhecer os tipos de fome a fim de manter uma rotina de alimentação regrada. “Quando a pessoa não busca na comida a solução dos seus problemas ou justificativas de merecimento deturpadas, fica mais fácil evitar o consumo de calorias extras durante o dia”, explica a nutricionista Ione Leandro, da ONODERA Estética.

 

Conseguir identificar o tipo de fome não é tarefa fácil. Para ajudar nessa missão, a especialista separou os tipos mais comuns. Confira:

 

Fome física – Quando a barriga começa a ‘roncar’, é o corpo sinalizando a necessidade do organismo de manter o balanço energético. “Os barulhos estomacais são um sinal do cérebro para a necessidade de combustível, ou seja, alimento para o corpo. Nesses casos, recomenda-se fracionar as refeições (a cada 3 ou 4 horas) e apostar em frutas, cereais integrais e gorduras do bem. Evite frituras, refrigerantes, bebidas alcoólicas, carnes gordurosas, bolachas recheadas, doces e alimentos com alta concentração de sódio, como os industrializados”.

 

Fome emocional – Surge do nada, quando há a necessidade de usar o alimento para compensar tristeza, ansiedade ou mesmo o cansaço depois de um dia longo de trabalho. “As pessoas não se alimentam apenas para saciar a fome, mas também porque é prazeroso. No entanto, quando é utilizada como forma de recompensa, merecimento, resposta ao estresse e outros fatores psicológicos que nada têm a ver com apetite. Portanto, é necessário parar, entender e se necessário acompanhamento com especialistas”, recomenda Ione.

 

Fome específica –  Relacionado a fome fisiológica ou a emocional, geralmente envolve alimentos preferidos pela pessoa ou que há tempos não são degustados, pode-se dizer “memória emocional”.

 

Fome social – Nesse caso, mesmo sem vontade, a pessoa se vê “obrigada” a comer por estar em eventos sociais, como festas, encontros e confraternizações. “Geralmente essa fome aparece quando se sente cheiro ou quando se vê determinado alimento. É importante que a pessoa não se sinta culpada por comer pizza, hambúrguer ou doces, por exemplo. A recomendação é: faça um lanche saudável antes de ir ao evento e apenas coma pequenas porções socialmente”, finaliza Ione.