Araraquara registra duas mortes e explosão de casos de COVID: 1.188 em 24h

Células com carga viral baixa, média e elevada foram completamente tratadas sem nenhum efeito adverso. Foto: Canva

Araraquara registrou nesta quarta-feira mais 1.188 casos positivos de Coronavírus, o equivalente 41,32% de 2.875 amostras analisadas nos serviços públicos e privados de saúde e nos setores econômicos e sociais do município, ou seja, sintomáticos e assintomáticos. Considerando apenas os sintomáticos que procuraram os serviços de saúde, esse percentual é de 96,33%.


A Rede SUS realizou um total de 2.366 testes, dos quais foram 83 positivos assintomáticos e 638 sintomáticos.
Portanto, Araraquara tem 47.565 casos confirmados de Covid-19.


Do total de confirmados, 2.882 permanecem em quarentena e 44.060 já saíram. Aguardam resultado de exames 40 amostras.
Para consultar o resultado de exames no site da Prefeitura, basta acessar o campo Resultados de Exames (COVID-19) e preencher os dados solicitados. O site também fornece as orientações de como agir, de acordo com o resultado do exame.


Hoje, 70 pacientes estão internados: 54 em enfermaria, sendo 53 confirmados e 1 suspeito, e 16 na UTI, sendo 15 confirmados e 1 suspeito.


Destes 70 internados, 58 são moradores de Araraquara e 12 residem em outros municípios. São moradores de Américo Brasiliense (2), Boa Esperança do Sul (2), Getulina (1), Jandaia do Sul (1), Matão (1), Motuca (1), Rincão (1), São Carlos (2) e Tambaú (1).


Com relação às internações nos serviços hospitalares que disponibilizam leitos para Covid-19 (públicos e privados), a cidade conta hoje com uma taxa de ocupação de 93% de leitos de enfermaria e 59% de UTI.


Hoje, a Santa Casa tem 10 pacientes, o Hospital São Paulo tem 30 pacientes, o Hospital São Francisco tem 7 pacientes, a Unidade do Melhado tem 10 pacientes e o Heab tem 13 pacientes.


Araraquara registrou, até o momento, 623 óbitos decorrentes de Covid-19. Os óbitos registrados nas últimas 24 horas são de uma mulher de 89 anos, com comorbidades, que estava internada em unidade privada desde o dia 20 de janeiro; e uma mulher de 89 anos, com comorbidades, que estava internada em unidade privada desde o dia 21 de janeiro.


A vacinação contra a Covid-19 continua avançando. O município já aplicou 491.145 doses contra a Covid-19, sendo 203.032 da primeira dose, 198.960 da segunda dose e dose única e 89.153 de terceira dose.  Nesta terça-feira, dia 25 de janeiro, a Secretaria Municipal de Saúde iniciou a vacinação em crianças de 5 anos a 11 anos, 11 meses e 29 dias, sem comorbidades. As crianças com 5 anos são vacinadas com o imunizante Pfizer, enquanto as crianças de 6 a 11 anos recebem a Coronavac. Os polos de vacinação são as mesmas unidades de saúde que já estavam atendendo a vacinação de crianças com comorbidades: Jardim Iguatemi, Melhado, Adalberto Roxo, Jardim América e Sesa. O horário de atendimento é das 8 às 15 horas, de segunda a sexta-feira. Recomenda-se que estejam acompanhadas por adulto responsável ou apresentem termo de assentimento. Para a vacinação das crianças, é necessária a apresentação do RG, certidão de nascimento ou documento com foto do responsável.


Devido à alta procura nesses primeiros dias, algumas unidades de saúde adotaram a distribuição de senhas para organização das filas, porém a única que tem limite de 100 senhas diárias é o Sesa.


A Secretaria Municipal de Saúde também planeja o “Dia D” de vacinação destinado somente a este grupo em específico, o público infantil, com mais polos de vacinação. As unidades de saúde serão divulgadas após reunião marcada para esta quinta-feira, 27, porém já se sabe que a ação ocorrerá no sábado (29), das 8h às 15h, e no domingo (30), das 8h às 12h. Não há falta de imunizante.


A vacinação contra a Covid-19 para os outros públicos prossegue de segunda-feira a sábado no drive thru do Cear, das 8 às 16 horas. O atendimento também é feito nos polos de vacinação habituais, que são as unidades de saúde da Vila Xavier, Jardim Iedda, Selmi Dei I, Vale do Sol, Bueno de Andrade, Assentamento Bela Vista e unidade do Sesa, de segunda a sexta-feira, das 8 às 15 horas. No Sesa, são distribuídas 200 senhas diárias (100 para adultos e 100 para crianças).


Todos os positivados, assim como seus comunicantes, estão sendo monitorados pelas equipes da Secretaria Municipal da Saúde. O objetivo é orientar e cobrar o cumprimento da quarentena.


Os dados sobre os bairros com casos confirmados e o perfil dos positivados podem ser consultados em link disponibilizado pela Prefeitura, em parceria com o grupo Urbie, Grupo de Inovação e Extensão em Engenharia Urbana da Ufscar. (https://arcg.is/neO5H).
Com relação à vacinação dos acamados, a Secretaria Municipal de Saúde informa que neste início de ano, com avanço dos casos confirmados de Covid, notório em Araraquara e em todo o Brasil e o mundo, houve a dificuldade de organização de equipes já que, além da ampliação sobremaneira de atendimentos médicos, testagens e vacinação em diversos polos, inclusive em horários estendidos e finais de semana, houve também o problema que todas as empresas e setores estão enfrentando que é o afastamento de funcionários em virtude do contágio por Covid e a necessidade de isolamento. Mesmo assim, a Secretaria está retomando o número 0800-771-7723 para que a população com necessidade de vacinação de acamados possa ligar e se cadastrar. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 07h às 18h. 


As informações oficiais sobre o enfrentamento do Coronavírus no município estão no site www.araraquara.sp.gov.br e nas redes sociais da Prefeitura.