Assassinato brutal de jovem em Araraquara choca a região central de São Paulo

Polícia na região onde o corpo foi encontrado

A adolescente de 16 anos Yasmin Silva Nery foi assassinada e teve seu corpo esquartejado em Araraquara. O crime brutal que chocou a região foi descoberto pela polícia na tarde desta segunda, 10, na cidade vizinha.

Segundo o Jornal da EPTV, o principal suspeito de ter cometido o crime é um adolescente de 17 anos. Nesta noite o jovem prestou depoimento na Delegacia de Investigações Gerais de Araraquara. De acordo com a emissora, uma outra jovem também prestou depoimento na delegacia para falar sobre o caso.

Ao que consta, o corpo de jovem que foi desmembrado estava sendo distribuído pela cidade, numa ação medonha, diga-se de passagem.

Ao Jornal da EPTV, muito abalado com a tragédia, Waldir Nery, pai da vítima, informou que a filha conheceu o rapaz no sábado num show que ocorreu num teatro. “Começaram a trocar ideia e marcou esse encontro no domingo no SESC, mas ele com certeza fez a cabeça dela e a trouxe para cá, quando foi umas cinco horas, a mãe ligou e ela atendeu, estava tudo em silêncio, ela disse que tinha vindo com um rapaz que a gente conhece, mas a mãe ligou e obteve a informação que ele não estava com ela, eu já esperava, 24 horas, ela não ficava duas fora de casa”, contou.

O pai afirmou que a rotina de jovem era simples: “Escola-casa, escola-casa! Esse show foi fatal, conheceu no sábado e morreu no domingo, era uma ótima filha, na escola, em tudo!”

Na casa, a Polícia encontrou parte do corpo da menina que estava num carrinho de lanche. Outra parte estava num lago que fica perto da casa do rapaz. A Polícia interrogou o jovem para que ele contasse onde poderiam estar outros pedaços.

A investigação para saber as motivações de tamanha barbaridade continuam.

Com informações do Jornal da EPTV 2ª Edição