Azuaite repudia ação que ameaça mais de 100 imóveis de interesse histórico de São Carlos

Azuaite criticou ação

O vereador Azuaite Martins de França (Cidadania) informou  nesta quinta-feira (6) que formalizará na Câmara Municipal um requerimento ao diretório estadual do PTB solicitando informações sobre o ajuizamento, pela agremiação, de uma ação direta de inconstitucionalidade (ADIN) que pretende acabar com a lista de imóveis considerados de interesse histórico em São Carlos.

Azuaite, que preside a Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia da Câmara Municipal reagiu à informação dada pelo promotor de Justiça Flavio Okamoto ao site “São Carlos em Rede”.

Okamoto advertiu que “com certeza teremos um festival de demolições” se a ação for julgada procedente pelo Tribunal de Justiça de São Paulo e forem declaradas inconstitucionais algumas leis e o anexo onde está a lista com mais de 100 imóveis de interesse histórico da cidade.

Para Azuaite, “estamos diante de um atentado à memória histórica de São Carlos, uma ação estapafúrdia e inaceitável”.   Ele informou que também apresentará na Câmara uma moção de repúdio aos autores da ação. “Não é aceitável que interesse imobiliário se sobreponha fazendo uso de um partido político que deve ser uma instituição compromissada com os interesses da coletividade”, disse.

Diante do alerta do promotor de que, se a ação prosperar, apenas sobrarão imóveis tombados ou em processo de tombamento, que são poucos no município, Azuaite declarou afirma que “isso é um golpe de quem ignora o valor da história de São Carlos e de como o município preza pelo patrimônio que preserva a sua identidade”.

“Essa atitude desrespeitosa, que não pode prosperar, porque revela uma falta de noção de pertencimento e isso só pode ser obra de quem não conhece minimamente esta cidade”, acrescentou.

Azuaite ressaltou que as cidades contam sua própria história, através de sua arquitetura, seus monumentos e sua estrutura urbana. “Tudo isso contribui para que as novas gerações possam compreender as transformações de uma sociedade e contribuição na formação de sua identidade; parece que os petebistas não sabem disso”.