Brotas seleciona bolsistas para games de educação ambiental

Estudante receberá R$ 160 por dez meses; atividades começam em outubro

A capital nacional do turismo de aventura recebe o projeto Brotas – Inteligência para a Economia Lúdica e Aventuras Sustentáveis (BieLAS), que está com inscrições para bolsistas. Eles serão estimulados a desenvolver jogos, games e brinquedos para ajudar o meio ambiente.

A seleção de bolsistas é uma iniciativa das Secretarias Municipais de Educação e Meio Ambiente. O coordenador do projeto é Gilson Schwartz, professor do Departamento de Cinema, Rádio e TV da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP).

“Brotas não é só natureza e aventura, é cultura, história e memória, com forte presença da imigração italiana, patrimônio imaterial valioso e muita gente especializada já trabalhando com o tema da memória de indivíduos, famílias e comunidade. Vamos fortalecer essa conexão entre natureza, cultura e sustentabilidade mobilizando as escolas municipais e estaduais”, afirma Schwartz.

O programa, com duração de dez meses, terá início em outubro, as inscrições começaram na segunda-feira (30/8), e o processo de seleção ocorre na Semana da Pátria (6 a 10 de setembro). Os alunos/candidatos a bolsas devem estar matriculados no 9º.  ano do Ensino Fundamental ou no Ensino Médio. Valor da bolsa é R$ 160 mensais durante todo o período do projeto.

Pré-requisitos

O teste de seleção é de conhecimentos gerais, perfil comportamental e familiaridade com os desafios da educação ambiental no município de Brotas. “As diretrizes estão disponíveis, assim como nossas ações e programas, no site da Secretaria do Meio Ambiente. É importante conhecer o programa Município Verde/Azul para pontuar no teste de conhecimentos, perfis e habilidades”, recomenda Douglas de Freitas, Secretário do Meio Ambiente de Brotas.

Para as escolas de Brotas, o imperativo é fazer desse projeto uma forma inovadora, inclusiva e sustentável de retomar a vida escolar pós-pandemia da Covid-19, levando os desafios de educação lúdica muito além do que já se faz em sala de aula. “A pedagogia é lúdica e educação ambiental é a bola da vez!”, afirma a Secretária de Educação, Patrícia Aparecida Barbosa da Silva. “É ciência, consciência e criatividade das crianças para nos levar a uma cidadania voltada para a sustentabilidade e o desenvolvimento do município”, completa a Secretária.

Para o professor da ECA-USP, líder do grupo de pesquisa Cidade do Conhecimento e da rede internacional Games for Change América Latina, residente em Brotas, o projeto é uma forma de criar novas possibilidade de estudos, trabalho e alternativas para a proteção do meio ambiente.

As inscrições podem ser feitas por meio do no site da Games for Change América Latina: https://latam.gamesforchange.org/.