Câmara aprova requerimentos que pedem esclarecimentos sobre saúde de Airton e viagens do Chefe de Gabinete da Prefeitura

Câmara pega fogo na quarta

Os vereadores aprovaram dois requerimentos que são duas bombas políticas para São Carlos na tarde desta quarta, 13. O primeiro deles pede a relação de viagens do chefe de gabinete da Prefeitura, José Pires, o Carneirinho.

A peça solicita as viagens de Carneirinho desde 2017 até o presente momento, bem como os assuntos que foram tratados. O requerimento quer saber, também, se houve pagamento de diárias ao Chefe de Gabinete.

Segundo pedido

O segundo pedido faz um questionamento sobre a saúde mental do prefeito Airton Garcia. Na peça os vereadores enaltecem o trabalho realizado pelo administrador e afirmam que muitas notícias correm pelos bastidores sobre a saúde do prefeito municipal. A Câmara alega que faz as questões pensando também no futuro dos próximos administradores de São Carlos. “É importante esclarecer aos vereadores, representantes da população, a real condição de saúde mental do Excelentíssimo Prefeito Municipal”.

A Câmara diz que o trabalho de prefeito impacta em toda a sociedade são-carlense e elenca uma série de pressupostos básicos que um administrador precisa ter para continuar gerindo a cidade.

No requerimento, a Câmara pergunta as condições de saúde do prefeito, quer saber se a Prefeitura já providenciou um laudo e solicita a cópia do documento. Se não houver o laudo, os vereadores questionam o motivo para o documento não existir.

Há também o questionamento sobre quem são as pessoas que assessoram o prefeito municipal nas tomadas de decisões, o pedido inclui a revelação dos nomes destes assessores.

Além disso, o legislativo também pergunta se Secretaria de Administração e Gestão de Pessoas tomou conhecimento do caso e se há um laudo do médico do trabalho sobre este assunto. Se o laudo existir, os vereadores pedem no requerimento que uma nota pública seja emitida pela Prefeitura para tratar do assunto.

A peça aprovada na Câmara também cobra uma posição da Procuradoria Geral do Município sobre a situação e pede as providências que podem ou poderão ser tomadas nesta situação.

Longo, o requerimento também questiona se o prefeito está participando de entrevistas ao vivo para falar de assuntos de interesse da comunidade como, por exemplo, a pandemia de COVID-19.

Há ainda, o questionamento se Airton Garcia tem participado de inaugurações e eventos oficiais da Prefeitura. Os vereadores pedem cópias dos releases destas situações.

Este segundo requerimento foi aprovado por 13 a 5, em votação nominal na Câmara. O primeiro foi aprovado sem votação nominal.