Câmara Municipal promoveu sessão solene comemorativa ao Dia Internacional da Mulher

Câmara Municipal comemorou Dia Internacional da Mulher com homenagem às mulheres são-carlenses em solenidade no Teatro “Dr.Alderico Vieira Perdigão”

A Câmara Municipal realizou na última sexta-feira (8) uma sessão comemorativa ao Dia Internacional da Mulher, na qual foram prestadas homenagens a mulheres de destacada participação em diversos setores de atividade no município. A solenidade, regulamentada pela Lei  14.429, de 2008, teve lugar no Teatro Municipal “Dr. Alderico Vieira Perdigão” e foi conduzida pelo presidente do Legislativo, vereador Lucão Fernandes.

Estiveram presentes, compondo a mesa de autoridades, Glaziela Cristiani Solfa Marques (Secretária Municipal de Cidadania e Assistência Social representando o prefeito Airton Garcia), Dra. Andréa Valdevite (integrante da Comissão Mulher Advogada da OAB representando a presidente da OAB São Carlos Dra. Ariadne Leopoldino), Diácono Rubens Romão Corrêa Júnior (representando o Padre Marcos Antonio Ghidelli, pároco da Catedral de São Carlos), Pastor Eduardo Serantola Filho da Igreja do Evangelho Quadrangular e as vereadoras Cidinha do Oncológico e Laíde das Graças Simões, oradora oficial da solenidade.

HOMENAGEADAS – Laíde Simões, em sua fala, apresentou um histórico das homenageadas, que foram indicadas pelos vereadores. São elas:Adriana Diagonel Corrêa Bueno, Amariluz Garcia Ferreira Silva, Daniela Cristina Nunes, Elô Lobo, Fermina Raimunda da Cunha, Izaulina de Lurdes Alves Jacomazi, Luisa C.S. Zacarin, Margarida Maria Neo Roncon, Maria Aires, Maria Amadio Zaccarim, Maria de Fátima Moreira Serantola, Maria Antonia Barutte dos Reis, Maria José dos Santos Silva, Marilandi Helena Milanetti Pereira Degani, Natália de Cássia Berrocá, Paulinha Campos, Priscila Munhoz Alves, Silvia Teresinha Nogueira Gavioli Miron, Simone Fabiane Marin Consolaro e Tania dos Santos Brito.

DATA DE REFLEXÃO – O Dia Internacional da Mulher, conforme frisou a vereadora Laíde em seu pronunciamento, “convida a uma reflexão sobre a condição feminina na atualidade, a valorização das mulheres e a relevância das lutas sociais, políticas e econômicas por elas empreendidas ao redor do mundo”. Ela destacou que as homenageadas desenvolvem atuação importante em diversos setores de atividade, “contribuindo para a construção de uma sociedade mais justa”.

 “As mulheres não apenas acalentam sonhos, mas ocupam novos espaços, se esforçam, vão à luta para edificar uma realidade nova, onde preconceitos sejam superados e possa ser desfraldada, de maneira permanente, a bandeira da igualdade”, afirmou.

Alertou  que “em nosso país, grandes são os desafios a serem vencidos; há muito ainda a ser feito em termos da verdadeira emancipação da mulher, em especial no que se refere à erradicação da violência doméstica, cujos índices são alarmantes”.

“O dia 8 de março representa um marco na busca por respeito, igualdade de direitos e oportunidades, espaço de trabalho e, sobretudo, dignidade”, acrescentou.