Campinas vai marcar rua para pedestres no Centro Comercial

Jonas Donizete é prefeito de Campinas/Carlos Bassan
O prefeito Jonas Donizette anunciou novas medidas para auxiliar na organização do atendimento no comércio de rua, especialmente da região central, durante transmissão ao vivo pelas redes sociais, na tarde desta segunda-feira, 15 de junho. O objetivo é reforçar ações para cumprimento das regras de flexibilização e medidas sanitárias por comerciantes e população do comércio de rua.
As sugestões foram discutidas durante uma reunião, por videoconferência, na manhã de ontem, com lojistas e representantes de entidades como Acic (Associação Comercial e Industrial de Campinas), Sindilojas (Sindicato dos Lojistas) e Sindicato dos Varejistas (Sindivarejistas).
Foram definidos que será feita a sinalização de solo, para pedestres, na Rua 13 de Maio, e estudos para definir os pontos das vias que vão servir de drive thru para lojas do Centro que não possuem espaços para estacionar.
“O drive thru é a entrega do produto diretamente no veículo. A Emdec está estudando alguns locais que podem servir para o carro parar e, dessa forma, nenhum comerciante ser prejudicado”, explicou o prefeito.
Os lojistas e a Prefeitura de Campinas vão reforçar as campanhas de conscientização, para que, além das ações tomadas pelo Poder Público e pelos lojistas, a população também contribua e respeite as regras sanitárias e de distanciamento social.
“Ainda estamos em quarentena e temos de seguir as regras. Por isso, importante sair com responsabilidade e evitar aglomeração quando for ao comércio”, exemplificou o prefeito.
As lojas estão organizando formas para atender, separadamente, os consumidores que vão apenas pagar contas e carnês e os que vão comprar. A pedido, a fiscalização será intensificada para verificar o cumprimento das regras pelos lojistas.
“A reunião foi muito produtiva, todos saíram satisfeitos. Os comerciantes estão ajudando muito”, disse a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo, Alexandra Caprioli.
Em conversa com os comerciantes, o prefeito disse que foi descartada a colocação de gradis na rua 13 de Maio para controlar o fluxo de pessoas, porque poderia gerar mais aglomeração.
O prefeito esclareceu, mais uma vez, que as cidades não podem se sobrepor às decisões do Governo do Estado e permitir regras menos duras na quarentena, apenas mais rígidas. Os que tentam fazer isso correm o risco de responder judicialmente.
Foto: Carlos Bassan