Carmine Botta: Prefeitura diz que discussões tem diversidade ideológica, religiosa, cultural, de gênero e que não aceitará truculência

Carmine Botta em São Carlos

NOTA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

A Secretaria Municipal de Educação vem por meio desta esclarecer que os trabalhos desenvolvidos na rede municipal de ensino são pautados pelo princípio da ética, respeitando a diversidade ideológica, religiosa, cultural e de gênero.

A Secretaria entende que a escola é um ambiente de diálogo e debate de ideias e tem papel fundamental na formação dos alunos enquanto cidadãos. É papel da educação assegurar estes direitos a todos os profissionais e alunos do município de São Carlos.

A direção escolar e a docente responsável pelo trabalho exposto na EMEB Carmine Botta afirmam que temas como respeito e cidadania são discutidos frequentemente no ambiente escolar e são importantes na formação e pensamento crítico dos alunos.

A Secretaria de Educação garante que está preparada para o debate e a transparência das metodologias aplicadas e dos resultados obtidos, porém não aceitará truculência de ninguém.

NOTA DA REDAÇÃO: No dia de ontem, 18, vereadores estiveram na escola para saber de um trabalho com cartazes que, segundo professores da rede municipal, era sobre intolerância religiosa. O clima na escola foi tenso e gerou polêmica na sessão legislativa inclusive com o vereador Leandro Guerreiro fazendo críticas (do seu ponto de vista) ao secretário de Educação, Nino Mengatti. Edson Ferreira e Lucão Fernandes também estiveram na escola, mas foram mais amenos em seus pronunciamentos. O caso gerou revolta nos professores da rede municipal que se manifestam duramente contra o vereadores nas redes sociais.

Foto: Maurício Duch