Carnaval em Casa 2021 começa com desfile on-line de fantasias

Desfiles on-line de fantasias de luxo

Com verba carimbada para a cultura, a programação online tem como objetivo gerar oportunidades de trabalho e renda para os artistas locais

Pensando em fomentar a oportunidade de trabalho e a geração de renda para os artistas da cidade que ficaram sem renda por causa da pandemia, a Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Cultura, realizará uma programação online para o carnaval de 2021. Além de um desfile de fantasias de luxo, sem público, que acontece no domingo (07/02), em respeito ao distanciamento social haverá nos dias 13, 14, 15 e 16 de fevereiro, apresentações online de 65 artistas locais entre músicos e cantores.


Com verba carimbada para a cultura, não podendo ser repassada para outras necessidades do munícipio, a programação do carnaval 2021 trará um grande apoio aos artistas locais. A população poderá acompanhar as transmissões da programação do Carnaval em Casa 2021 – Sem Aglomerações pela página social do CEMAC, por meio do link http://FACEBOOK.COM/CEMAC.SAOCARLOS.


A apresentação online do desfile de fantasias, ocorrerá no dia 7 de fevereiro, a partir das 19h30 com a animação da Banda Dígito 3. Devido ao distanciamento social e os protocolos impostos pela COVID-19, a apresentação não será aberta ao público. Ao todo, três carnavalescos premiados da cidade: Ângelo Missiato, Odacir Martins, e Odair Vitalino irão apresentar 9 fantasias de luxo.


Além do desfile, haverá nos dias 13, 14, 15 e 16 de fevereiro apresentações online de 65 artistas entre músicos e cantores, que serão divididos nos 4 dias, sendo que em cada dia um estilo musical como marchinhas, samba, pagode, entre outros. As apresentações acontecerão sempre às 20h, com uma matinê ao domingo (14/01), às 16h.

“O carnaval é uma data marcada em calendário, só não foi declarada como ponto facultativo devido a pandemia, mas é uma data que existe no calendário nacional em que se comemora a maior festa cultural popular do Brasil. Sendo assim, o carnaval não acabou, apesar do momento que vivemos, ele só não será comemorado nas praças e nas ruas. Nossa obrigação como Prefeitura é fomentar o trabalho dos profissionais da arte e da cultura da cidade que estão sem renda por causa das restrições impostas pelo COVID-19”, pontou o diretor de Artes e Cultura, Carlos Alberto Caromano.


Toda a programação online elaborada pela cultura para o Carnaval em Casa 2021, respeitará todos os protocolos de saúde contra a COVID-19. “É fundamental que a população entenda a importância do evento para os artistas locais e para a cultura local e que curtam as transmissões, sem aglomerações, e com todos os cuidados imposto contra doença e as restrições que determina o Plano São Paulo contra o novo coronavírus”, acrescentou o secretário municipal de Esportes e Cultura, João Muller.