Chuva vai embora e outubro deve começar como um “forno”

Calor vem chegando

Nesta quinta-feira, 24 de setembro, o ar seco e quente ganha força novamente sobre o centro-sul do país e volta a influenciar também o estado de São Paulo. Não tem mais previsão de chuva para nenhuma região paulista e a temperatura continua em elevação. A tendência é de que o tempo fique ainda mais seco e quente no fim de semana.

O dia amanheceu muito úmido, com céu nublado na Grande São Paulo, mas ao longo da manhã a nebulosidade e a névoa se dissiparam e o sol aparece cada vez mais forte. O tempo fica firme no restante do dia, mas a névoa pode voltar no fim da tarde escondendo o sol e fazendo a temperatura cair bruscamente.

No leste do estado, incluindo a capital, o litoral e o Vale do Paraíba, a tarde desta quinta-feira já será com sensação de calor.

O interior paulista tem sol forte e temperatura acima dos 30°C durante a tarde. Não há condições para chuva. São Carlos sofrerá com umidade baixa do ar caindo a níveis da semana passada, assim como os termômetros devem explodir novamente, batendo perto dos 40°C.

Fim de semana

No primeiro fim de semana da primavera, o tempo fica mais seco e quente em todo o estado de São Paulo. A previsão é de um fim de semana com sol forte e poucas nuvens na Grande São Paulo, em todo o interior e também nas praias. Mas a secura do ar vai voltar a incomodar os paulistas, pois os níveis de umidade no ar poderão até baixar dos 20% novamente, como estava acontecendo antes da frente fria que virou o tempo no começo desta semana.

A próxima frente fria só deve chegar ao litoral paulista no dia 3 ou 4 de outubro. Até lá, o calor vai aumentar. Outubro vai começar um forno no Brasil.

 

Sobre a Climatempo

Com solidez de 30 anos de mercado e fornecendo assessoria meteorológica de qualidade para os principais segmentos, a Climatempo é sinônimo de inovação. Foi a primeira empresa privada a oferecer análises customizadas para diversos setores do mercado, boletins informativos para meios de comunicação, canal 24 horas nas principais operadoras de TV por assinatura e posicionamento digital consolidado com website e aplicativos, que juntos somam 20 milhões de usuários mensais.

 

Em 2015, passou a investir ainda mais em tecnologia e inovação com a instalação do LABS Climatempo no Parque Tecnológico de São José dos Campos (SP). O LABS atua na pesquisa e no desenvolvimento de soluções para tempo severo, energias renováveis (eólica e solar), hidrologia, comercialização e geração de energia, navegação interior, oceanografia e cidades inteligentes. Principal empresa de consultoria meteorológica do país, em 2019 a Climatempo uniu forças com a norueguesa StormGeo, líder global em inteligência meteorológica e soluções para suporte à decisão.

 

A fusão estratégica dá à Climatempo acesso a novos produtos e sistemas que irão fortalecer ainda mais suas competências e alcance, incluindo soluções focadas nos setores de serviços de energia renovável. O Grupo segue presidido pelo meteorologista Carlos Magno que, com mais de 35 anos de carreira, foi um dos primeiros comunicadores da profissão no país.