Com avanço da COVID, Doria deve anunciar restrições nesta quarta em SP

Doria concedeu coletiva

Em coletiva de imprensa que será realizada nesta quarta, 12, o governador João Doria poderá anunciar restrições para tentar frear a escalada de contaminações causada pela variante Ômicron da COVID-19 no Estado de SP. Segundo o apurado, o governo estadual deve ter novas restrições em eventos de grandes aglomerações diante do avanço da variante Ômicron do coronavírus e da epidemia de influenza que atinge praticamente todas os municípios paulistas.

Porém, as medidas impostas por Doria não deverão afetar o setor de comércio e serviços. A capital paulista informa que 80% das amostras colhidas e positivadas atualmente são da variante Ômicron quando o resultado é de COVID. Eventos como a Copa SP de Futebol Jr que tem recebido bom público nos estádios deverão ter seus lugares restritos.

De acordo com dados, as internações em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) por COVID no estado cresceram nos últimos sete dias, reflexo da explosão de casos e aumento da transmissão do vírus após as festas de final de ano.

No dia 3 de janeiro, havia 1.141 pacientes em leitos de UTI no estado, com 468 novos registros naquele dia. Já na última segunda (10), o estado contabilizava 1.567 pacientes internados em leitos de UTI, com 795 novos registros, ou cerca de 69,9% a mais.

Continua sendo obrigatório em SP, o uso de máscara, higienização das mãos e distanciamento social.