Comerciante fica assustado: Cliente diz que não pega o Coronavírus

Vacina: esperança

“Eu não pego o vírus chinês! Não tenho nada! Isso é uma armação!” Assim, um homem saiu falando de um comércio hoje, 22, no Centro da cidade enquanto foi convidado a se retirar do lugar pelo proprietário que já teve casos de COVID-19 em sua família. “Na minha situação, isso aconteceu com familiares de Ribeirão Preto, um deles precisou passar pela UTI, mas hoje está em casa e bem, se recuperando de alguma sequela, mas segundo os médicos estará 100% em breve”, disse o comerciante J. para a reportagem.

J. mandou seu relato por e-mail para dizer que fica terrivelmente assustado e constrangido com gente que não acredita no coronavírus. “É por isso que temos tantos casos, temos políticos negando a doença, gente que não acredita na letalidade e agora até tem pessoas duvidando da vacina, como pode isso?”, destacou.

Para ele, somente a vacina devolverá a alegria e a pujança do comércio no mundo inteiro. “Certamente, a atividade comercial, a venda direta, onde há o contato entre o vendedor e o comprador acabou muito prejudicada, porque você não pode ter uma conversa que era quase íntima, tenho amigos com lojas por aqui e em outros municípios que fecharam as portas”, diz.

Aliás, o comerciante falou que é uma temeridade as pessoas que querem entrar nas lojas sem nenhuma espécie de proteção. “Tem uns que chegam aqui, falam que não irão colocar a máscara, eu digo não pode entrar assim e o resultado? Perco a venda, mas é a vida, tem gente que anda direitinho e vamos nos escorando nessas pessoas”, admite.

Mas J. ressaltou que neste último caso, onde teve que levar um homem para fora da loja, acabou se assustando. “Eles parecem que não se tocam, esse vive num mundo paralelo, nem com pessoas morrendo aos montes, acredita na doença, é assustador, desesperador!”, sinaliza.

J. destacou que o povo precisa de mais consciência. “Eles estão se reunindo e aglomerando sem necessidade, a pandemia não passou e se os casos aumentarem com uma segunda onda o comércio será prejudicado, tudo fechará e as demissões acontecerão em grande número, será uma imensa tragédia, mas esse pessoal que acha que é tudo mentira parece que não liga para nada, são cegos, agem como gado indo para abatedouro”, pondera.