Comerciantes de São Carlos investem em “lives” para impulsionar vendas

Investimento no virtual para continuar vendendo

Para se reinventar na pandemia, os comerciantes estão apostando cada vez mais nas vendas online, por meio das lives, para vender produtos e serviços com comodidade e segurança para o consumidor.

As chamadas lives (transmissões ao vivo) commerces dão ao consumidor a possibilidade de tirar suas dúvidas, ver os produtos e adquiri-los no mesmo momento, sem precisar sair de casa. Empresas de São Carlos já adotaram esse modelo, como a loja Cantigakids, que recentemente lançou o projeto de Lives.

Segundo o proprietário dirigente da Cantiga Kids, Thiago Santilli Oranges, a ideia surgiu para organizar as datas e os horários das LIVES da cidade, para que não haja concorrência nos horários e dias, fazendo com que todos tenham acesso ao maior número de clientes. “Nem todos os comerciantes tem força online e com esse projeto comunicamos os clientes de maneira igual, dando a oportunidade para todos alavancarem as suas vendas”, ressaltou Thiago.

Ele explica que as lives funcionam através do aplicativo Instagram e a dinâmica de compra se dá quando o primeiro cliente comenta: “eu quero”, na peça apresentada. Dessa forma é anunciado o nome do comprador durante a transmissão para a retirada na loja.

Uma dica do empresário, é que o lojista comece a fazer a live o quanto antes, já que se tornou o novo modelo de vendas devido a pandemia. “Para manter o engajamento alto durante a live é interessante realizar sorteios pra quem está assistindo, promoções reais e produtos que atendam o momento que estamos passando”, completou.

A nova modalidade de vendas tem aumentado cerca de 50% das vendas, durante a semana pós-live, com a retirada e entrega das mercadorias vendidas, é que explica a sócia-proprietária, Amanda Bertogna. “O trabalho não acaba quando desligamos a câmera, ele começa ali, fazendo o pós-venda e organizando de uma maneira segura a retirada e entrega dos produtos. É um negócio bastante desafiador, nós empresários estamos acostumados a fazer o trabalho de backstage, e nesse momento quem representa nossa marca somos nós mesmo e temos que ir para o front apresentar e vender. Literalmente, dar a cara a tapa”, disse.

Ela conta que logo que se iniciou a pandemia a Cantiga Kids, passou a utilizar a modalidade de compra online, através do site. “Nesse momento, pensamos em algo mais dinâmico e buscamos a experiência de algumas lojas de outras cidades. A partir daí iniciamos o trabalho com as lives, que demorou cerca de 3 meses, após o primeiro lockdown até sair esse projeto e dar força na cidade”, acrescentou Amanda.

Em meio aos desafios da crise, o presidente da ACISC (Associação Comercial e Industrial de São Carlos), José Fernando Domingues, o Zelão, reforça que o momento agora é de se reinventar e usar estratégias para que as vendas continuem. “É importante ressaltar que a pandemia exigiu uma verdadeira reinvenção por parte dos comerciantes, portanto a ACISC, vem fazendo um trabalho em conjunto aos lojistas, de orientação e informação aos consumidores, para que as vendas não parem. Esse é um momento de união e de parceria”, disse Zelão.