Conrado, da dupla com Aleksandro, continua internado em estado grave

Cantor segue internado

Por Ludmilla Souza – Repórter da Agência Brasil – São Paulo

O cantor Conrado, da dupla sertaneja Conrado e Aleksandro, permanece em estado grave após o acidente de ônibus que matou seu parceiro, o cantor Aleksandro, de 34 anos. O ônibus que levava a equipe dos músicos perdeu o controle após um pneu estourar. No acidente, ocorrido no sábado (7), seis pessoas morreram, incluindo o cantor.

O ônibus, que tombou no canteiro central da rodovia, levava 19 pessoas. Fora as seis que morreram no local, duas não sofreram lesões e 11 foram levadas ao pronto-socorro de Registro (SP). 

O boletim médico divulgado no Instagram da dupla informa que o cantor João Vitor Moreira Sales (Conrado) e o músico Julio César Bugoli Lopes permanecem internados no Hospital Geral de Registro (SP). Primeira vítima a ser socorrida, João Vitor foi levado ao pronto-socorro aparentemente com ferimentos leves, mas ao dar entrada foi avaliada a necessidade de uma cirurgia geral. 

“O cantor encontra-se no momento na UTI, em estado grave, mas estável, sendo necessária a aguardar a evolução do quadro nas próximas horas”, informou o boletim.

Já o músico Julio César Bugoli Lopes passou por uma neurocirurgia, também no sábado. O estado dele é grave, completou o boletim médico divulgado na noite do sábado (7). 

O acidente ocorreu na Rodovia Régis Bittencourt, próximo de Miracatu, no interior de São Paulo. A dupla e a produção saíram de um show em Tijuca do Sul, no Paraná, e iam para o interior de São Paulo, para mais uma apresentação.

A dupla sertaneja  Conrado e Aleksandro foi formada em Dourados (MS) em 2003 por Luiz Aleksandro Talhari Correia (Aleksandro) e Conrado Bueno (Conrado). Em 2019, João Vitor Soares substituiu Conrado Bueno, mas a dupla permaneceu com o mesmo nome. Com essa formação, Conrado e Aleksandro gravaram a música Tereré e Narguilé, que tem mais de 1 milhão de visualizações no Youtube.

Edição: Nélio Neves de Andrade