COVID-19: Fiscalização em bares e restaurantes será intensificada em São Carlos

Fiscalização deve crescer ainda mais

A reportagem apurou que a fiscalização da Prefeitura de São Carlos apertará o cerco em bares e restaurantes que estejam descumprindo normas do Plano SP de combate ao Coronavírus. Ontem, um estabelecimento foi lacrado pela Vigilância Sanitária sob a alegação de que o local não cumpria as normas da legislação vigente. Contudo, segundo uma fonte, o trabalho não foi interrompido durante o período eleitoral, pois diversas festas e outros eventos acabaram paralisados ou suspensos mesmos antes de serem realizados.

Segundo o que a reportagem descobriu, os principais alvos da fiscalização destes locais serão o uso de máscara, as medidas de higiene, distanciamento social e horário. Aliás, a Prefeitura tem recebido muitas denúncias de locais que estariam trabalhando além do permitido pelo Plano SP que é dez horas por dia, com fechamento obrigatório às 22 horas. Somente ontem, São Carlos registrou a 62ª morte por COVID-19 e mais 62 exames positivos.

Estão internadas neste momento 36 pessoas, sendo 20 adultos na enfermaria (10 positivos, 4 suspeitos e 6 negativos). Na UTI adulto estão internadas 12 pessoas (9 positivos, 2 suspeitos e 1 negativo). Na enfermaria 3 crianças estão internadas ,2 com resultado negativo e 1 com suspeita da doença. Na UTI pediátrica 1 criança está internada também com suspeita da doença. Oito pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS está hoje em 35,7% (10 pessoas estão internadas em leitos de UTI/SUS). Na enfermaria/SUS estão internadas 16 pessoas. Na rede particular 10 pessoas estão internadas na enfermaria e 3 na UTI.

Plano SP

Hoje todo o estado de SP está na fase amarela do plano de flexibilização. Nela, bares e restaurantes podem abrir seguindo regras determinadas. São elas:

Atender somente 40% da capacidade para consumo no local;

Horário de funcionamento restrito a 10 horas por dia;

Fechamento obrigatório até às 22h para atendimento presencial.

Imagem de NickyPe por Pixabay