COVID-19: Fiscalização realiza operação para evitar aglomerações em bancos

Fiscalização da Prefeitura

A orientação é quanto ao cumprimento do decreto municipal que proíbe aglomeração

A Força Tarefa, formada pela Guarda Municipal, PROCON e o Departamento de Fiscalização da Secretaria Municipal de Habitação e Desenvolvimento Urbano, realizou na manhã desta quarta-feira (29/04) uma operação para verificar o cumprimento do Decreto Municipal que recomenda a adoção de medidas imediatas de restrição, evitando aglomeração de pessoas, bem como a adoção do atendimento exclusivamente por meio de terminais de autoatendimento no caso de instituições financeiras.

Na primeira etapa da vistoria, foi verificada pelos guardas municipais, agentes do PROCON e fiscais a organização das filas externas dos bancos de forma a evitar a aglomeração de pessoas, observada a distância mínima de 2,00 metros entre um cliente e outro e a limitação de atendimento à metade do total de terminais de autoatendimento existentes no estabelecimento.

A chefe de Fiscalização do PROCON São Carlos, Leila Cristina de Figueiredo Lima, informou que todos os bancos serão alertados das recomendações do Decreto Municipal para que disponibilizem funcionários específicos para o controle das filas e das entradas nas instituições, bem como as demarcações na calçada.

O secretário de Segurança Pública, Samir Gardini, disse que as operações em bancos serão realizadas periodicamente para evitar excesso de pessoas aglomeradas. “Caso seja constatado que o Banco não cumpriu as exigências após as orientações, será lavrado um Termo de Constatação e o procedimento será encaminhado para o Ministério Público Federal para as demais providências cabíveis”.

Gardini afirmou, ainda, que a prioridade nesse momento é a garantia da saúde pública dos clientes e funcionários dos bancos e por isso é necessário um trabalho de fiscalização e o cumprimento por parte das agências bancárias do que estabelece o decreto municipal”.