COVID-19: Santa Casa recebe 31 concentradores de oxigênio de empresa de Cingapura

A Coordenadora do Setor de Captação de Recursos da Santa Casa, Ariellen Guimarães, e a Gerente de Práticas Assistenciais da Santa Casa, Vanisia Sulpino, receberam a doação dos concentradores. Foto: Divulgação

Os novos equipamentos vão ajudar no cuidado dos pacientes que tiveram COVID-19 e de quem recebe assistência em casa pelo SAD

A Santa Casa de São Carlos recebeu 31 concentradores de oxigênio. A doação foi feita pela Temasek, empresa de investimento com sede em Cingapura, através de sua fundação, Temasek Foundation. A empresa investiu mais de R$ 127 mil na compra dos equipamentos. Os novos concentradores, de última geração, são silenciosos, têm um design moderno, mais prático na hora de transportar e a manutenção é mais barata. Enquanto o modelo tradicional é composto por um cilindro, mais volumoso e precisa de manutenção diária.

 

De acordo com o responsável pela Temasek Brasil, Matheus Villares, essa iniciativa faz parte da missão que a empresa tem de ajudar e incentivar outras instituições para fortalecer as comunidades onde atuam. “Esperamos que este pequeno ato encoraje outras empresas e instituições a fazerem doações para o combate à COVID-19”, ressalta Villares.

Os concentradores de oxigênio são indicados para pacientes com problemas respiratórios que tiveram alguma sequela pulmonar e não conseguem mais respirar de forma adequada. O ar entra no aparelho e passa por um filtro que descarta partículas, bactérias e vírus. Depois dessa etapa, o ar filtrado é comprimido fornecendo, assim, o suplemento de oxigênio necessário ao paciente.

A Santa Casa de São Carlos foi contemplada com as doações, graças aos esforços da proprietária do Clara Resorts, Taiza Krueder. “A Temasek queria ajudar de alguma maneira. Em contato com um amigo da empresa, fiquei sabendo da doação e, imediatamente, indiquei a Santa Casa de São Carlos. Sempre que precisei dos serviços do hospital, recebi um ótimo atendimento. Acredito no trabalho da Santa Casa e dos profissionais, que neste momento, mais do que nunca, precisam do apoio de todos”, afirma a empresária.

A Gerente de Práticas Assistenciais da Santa Casa de São Carlos, Vanisia Sulpino, explica como essas doações são significativas para o hospital. “Temos 12 pacientes atendidos pelo SAD, Serviço de Atendimento Domiciliar da Santa Casa, que precisam desses equipamentos. Agora, com esses concentradores mais modernos, doados pela Temasek, vai ser possível oferecer um tratamento com mais qualidade e conforto para esses pacientes”, afirma a gerente.

As doações também vão ajudar a Instituição a manter o equilíbrio financeiro. Segundo a Coordenadora da Equipe Multiprofissional da Santa Casa, Doutora Luciana Ditomaso Luporini, o hospital tem um gasto muito alto com o aluguel desses aparelhos. “Além disso, esses equipamentos também são importantes para auxiliar os pacientes, que ficaram com alguma sequela pulmonar devido à COVID-19”, explica a Coordenadora.

 

Outras instituições filantrópicas também foram beneficiadas com a doação da Temasek.  A Santa Casa de Porto Ferreira recebeu 3 unidades, a Santa Casa de Ribeirão Bonito, 2 unidades e a Santa Casa de Descalvado foi beneficiada com 2 unidades.