COVID-19: São-carlenses pedem oração por pessoas da família que estão internadas em UTI

Oração pelos doentes

A COVID-19 não é uma brincadeira de criança. É algo sério, grave, já matou mais de 120 mil brasileiros e muita gente parece que não liga e continua lotando praias, promovendo aglomerações e insiste em negar a existência do vírus. Talvez seja por isso que o Brasil chegou neste patamar incalculável de casos e muitas pessoas parecem estar a normalizar mortes em prol do seu próprio lazer, afinal de contas elas ficaram de “saco cheio” de se preservar em casa enquanto podem. As imagens das praias no final de semana são exemplos.

Mas falando aqui da nossa terra, posso dizer que a doença vem aterrorizando famílias e impondo o medo de perder um ente querido. Só mesmo que passa pelo horror do Coronavírus sabe o que está acontecendo no mundo. É muito válido aquele ditado que prega o seguinte: “Só se preocuparão com a doença quando ela atingir alguém de sua família!”

Pois bem, ontem duas pessoas que nunca negaram o perigo do Coronavírus vieram até este jornalista pedir oração para pessoas de suas respectivas famílias que estão internadas na rede hospitalar da cidade por causa da COVIV-19.

Um deles contou que seu pai ficou 15 dias internado em UTI e que agora saiu desse procedimento, mas ainda está internado, todavia com boas perspectivas de melhora. Mesmo assim, o jovem fez questão de pedir orações ao seu genitor, afinal toda a fé e amor que vem de uma corrente do bem certamente tem um efeito positivo para quem a está recebendo.

O segundo pedido partiu de um companheiro de profissão que me contou que seu amado filho está internado num hospital são-carlense em leito de UTI também por causa da COVID-19. Ele me disse que tem rezado o dia todo pedindo pela saúde do filho e que também espera ver orações dos são-carlenses.

Muitos podem estar perguntando o nome dessas pessoas, prefiro não divulgar, mas sim fazer com que os amigos leitores do portal possam fazer suas preces de maneira coletiva por todos os doentes em São Carlos e no Brasil, sobretudo por aqueles que passam os percalços impostos pela COVID-19.

Amigos, a COVID-19 não é uma doença imaginária. Ela é séria e perigosa, por isso, não deixemos o negacionismo nos matar. Se você tem fé, faça uma prece. Se você não tem nenhuma religião, mande um pensamento positivo, um desejo de recuperação para todas as pessoas que estão internadas nos hospitais da cidade. Seu gesto, além de ser uma humanidade extrema, será de um poder divino fantástico.

 

Renato Chimirri

Imagem de Himsan por Pixabay