COVID-19: São Carlos caminha para o lockdown

Mudanças chegando/Maurício Duch

Informação apurada pela reportagem do São Carlos em Rede dá conta de que a cidade caminha para o lockdown, ou seja, para a Fase Vermelha do Plano SP, quando somente serviços essenciais podem funcionar. Atualmente, a região tem 77,9% das UTIs para a COVID-19 ocupadas por pessoas internadas.

Porém, uma outra informação é ainda pior: segundo consta, ainda é extraoficial, mas a cidade registrou nesta quarta, 3, quatro óbitos por COVID-19 e as UTIs estão com 85% de ocupação, ou seja, não há como manter o município na Fase Laranja do Plano SP pelos índices apresentados, pois a mudança de fase já viria com 75% de ocupação dos leitos.

A pandemia de COVID-19 na cidade está descontrolada e estamos vivenciando os reflexos do final de ano exacerbado, das idas à praias, das reuniões em chácaras, dos jogos de futebol, dos pancadões clandestinos e outras atividades que não são recomendadas neste período de grande propagação do Coronavírus. Os jovens tem um papel fundamental na propagação do vírus, muitos não ligam para o assunto.

Para piorar a situação, a vacinação está caminhando lentamente no Brasil justamente pela falta de vacinas, hoje 9 em cada dez vacinas do país, vieram do Butantan, ou seja, se não houver uma adição urgente de mais vacinas no portfólio brasileiro a imunização demorará  a fazer efeito no país e São Carlos não está fora disso.

Os indicadores mostram que as internações por COVID-19 em São Carlos demoram mais de 20 dias na UTI, por isso, a lotação não cede e novos leitos não são abertos, vivemos a pior crise sanitária de nossa história e ainda há gente que não acredita na gravidade do que estamos passando.

Quem sofrerá, pela irresponsabilidade de alguns, são os comerciantes honestos e que trabalham cumprindo os protocolos sanitários, contudo o momento é de crise severa. Precisamos nos cuidar.

Renato Chimirri

Veja os números de hoje: