Crônica: Infelicidade pode fazer bem

As pessoas se enfiam num mundo de sombras que fica escondido dentro do coração de cada um. É lá, naquele lugar mais obscuro, que elas guardam seus segredos mais íntimos e onde elas são realmente quem sempre quiseram e desejaram.

É no fim desse caminho que elas aprendem que ser feliz consiste apenas em tomar um café amargo e sem açúcar repleto de desejos sinceros que podem ser comprometidos pela verdade absoluta que oculta jamais poderá vir à tona.

Os sonhos sempre ficam à deriva, porque ninguém sonha a realidade, mas apenas aquilo que não podem realizar, fazer, pensar ou sentir. Um sonho nunca será verdade, porque é uma grande mentira o ditado de que os sonhos não envelhecem, os sonhos, simplesmente existem para enganar a nossa alma.

A alma fica presa dentro do peito por muito tempo, escondida, represando nossos desejos e é através delas que demonstramos quem realmente somos. A vida consiste apenas em viver um dia de cada vez, deixando que a alma se transforme no seu bálsamo mais prazeroso, porque é ela que controla nosso fluxo vital.

Não sei, aprendi que viver um dia de cada vez é a chave para se tentar chegar no final dessa caminhada astral da maneira mais sincera e correta, mesmo que para isso tenha que ser infeliz em vários aspectos para tentar ter uma recompensa em apenas um, afinal de contas, um homem nunca poderá ele mesmo de peito aberto expressar felicidade, ele precisa ter algo escondido para poder pensar sozinho e viver essa dor.

Ah, dor! Companheira insuportável de todos os dias e que faz com que sejamos mais corajosos e repleto de forças para podermos vencer a nossa jornada diária. Às vezes, quase sempre, atravessamos os dias de joelhos, sem nada a esperar, massacrados pelas surpresas que nos obrigam a ser adultos com almas de crianças mimadas.

Ninguém, depois que se está velho, passa a mão em nossa cabeça. Ao contrário, sempre nos batem com os pés no peito porque é assim que deve ser, um homem não pode ser tratado à base da doçura, talvez a doçura exista apenas para os anjos e os anjos neste momento parece que se esconderam atrás de nuvens negras que insistem em dominar a Terra.

Será que existe saída dentro de desse túnel de angústia sincera? Não sabemos, somente o tempo e o seu martelo de sinceridade poderá revelar qual será o verdadeiro caminho desta alma num mundo tão cinza e desigual. Infelicidade também pode fazer bem.

Texto de M. A.