Depois de denúncia do São Carlos em Rede, Prefeitura fiscaliza área de explosões

Denúncia levou Prefeitura ao local

O secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano, João Muller, esteve nesta terça, 13, no local (região do Botafogo) onde ocorreram as explosões que assustaram São Carlos por volta das 12h45. Muller ressaltou que registrou o trabalho realizado na região com fotos e constatou que as mesmas eram necessárias para a construção de galerias de águas pluviais, rede de esgoto e água. O local será um empreendimento imobiliário.

Muller disse que foi até o responsável pela empresa que realizava as explosões e pediu que os serviços com dinamite fossem suspensos, contudo o secretário informou que a empresa lhe apresentou documentação do Exército autorizando este tipo de trabalho, mas que essa tinha sido a última explosão, pois os serviços já tinham sido concluídos. Ele explicou também que a Polícia Militar esteve no local e registrou boletim de ocorrência sobre o caso.

As explosões foram ouvidas em toda a cidade. Inúmeros moradores, de vários bairros,  relataram que escutaram o barulho das dinamites usadas para arrebentar as pedras na área onde ocorre a obra. Porém, quem sofreu mais foram os habitantes dos prédios que estão na vizinhança, pois eles sentiram suas casas tremerem, bem como se assustaram com o barulho da ação realizada pela empresa que administra a obra. Houve também diversos relatos de animais que se assustaram com barulheira causada pela explosão.