Destruição: 130 lojas podem ter sido atingidas pela enchente em São Carlos

O Centro de São Carlos, novamente, passa pela operação limpeza nesta sexta, 27, depois de mais uma chuva de 138 mm que provocou diversos alagamentos e destruição em ruas como a Episcopal. A região onde estão lojas importantes como a Casas Bahia e Pernambucanas viu mais uma vez o asfalto ir embora.

A Prefeitura informou que a cobrança de Área Azul no centro comercial está suspensa por sete dias e que hoje os radares móveis não vão operar. A UPA da Vila Prado que estava fechada por causa das chuvas, desde a madrugada de ontem já está funcionando normalmente.

De acordo com o apurado, a Associação Comercial e Industrial de  São Carlos (ACISC) estima que o número de lojas atingidas pela enchente de ontem foi de 130, ao contrário das 100 que foram divulgadas inicialmente, isso bem no dia em que a cidade teria o evento comercial Black Friday.

Segurança

O BAEP de Ribeirão Preto enviou viaturas e policiais para reforçar a segurança das áreas atingidas pelas enchentes, já que há o temor justificado de comerciantes de saques às lojas atingidas pelas águas.

Marginal

Na região do SESC há um local onde o muro da Marginal cedeu e um buraco começou a aparecer, quem anda pela região precisa de ter cuidado para não ser vítima de um grave acidente. Este área ainda tem muita sujeira e requer atenção de motoristas e pedestres. Nas área do Cristo e Francisco Pereira Lopes o trânsito flui normalmente.

Fotos: Prefeitura e Maurício Duch