Dia 8 de Março: Prefeitura de São Carlos abrirá a Casa de Passagem Feminina

A secretária de Cidadania e Assistência Social, Vanessa Soriano, anunciou nesta terça-feira, 8 de março, Dia Internacional da Mulher, em solenidade realizada no Paço Municipal, a abertura de mais um serviço para auxiliar as mulheres de São Carlos: a Casa de Passagem Feminina.


“Pretendemos inaugurar esse espaço no próximo dia 18 de março. A pedido do prefeito Airton Garcia vamos oferecer um serviço diferenciado para mulheres em situação de rua e vulnerabilidade social, porém com propósito distinto da Casa Abrigo Gravelina Terezinha Leme que atende casos de abuso sexual e judicializados. A nova Casa de Passagem oferecerá atendimento provisório para mulheres a partir dos 18 anos, com ou sem filhos”, explicou Vanessa Soriano, que afirmou, ainda, que o Centro de Referência da Mulher também será reativado.


Lucinha Garcia, secretária da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida e presidente do Fundo Social de Solidariedade, que no ato representou o prefeito Airton Garcia, ressaltou a luta pela igualdade. “Inicialmente, essa data remetia à reivindicação por igualdade salarial, mas, atualmente, simboliza a luta das mulheres não apenas contra a desigualdade salarial, mas também contra o machismo e a violência. As mulheres merecem respeito, atenção, igualdade de direitos e principalmente a proteção contra agressores que insistem em desrespeitar a lei. E a Prefeitura estará sempre empenhada em agir nesse sentido”, disse a secretária.


Todas as mulheres da atual administração participaram do ato solene para comemorar o Dia Internacional da Mulher, que esse ano tem como tema “A vida e feita de lutas e não de flores”. As secretárias de Trabalho, Emprego e Renda, Danieli Favoretto Valenti; de Infância e Juventude, Ana Beatriz Sodelli; de Educação, Wanda Hoffmann; a diretora do PROCON São Carlos, Juliana Cortes e a chefe de gabinete da Fundação Pró-Memória, Larissa Lavadessi, além das vereadoras, Cidinha do Oncológico e Professora Neusa, fizeram questão falar sobre a data.

HOMENAGEADAS – Foram homenageadas três mulheres que se destacaram em 2021. Denise Gobbi Szakal, delegada da Delegacia de Defesa da Mulher; Ângela Lopes, advogada, mulher transexual e ativista social e a senhora Cecília Ferreira dos Santos, 106 anos, mulher que sempre lutou contra a discriminação racial que na ocasião foi representada pela neta Helena Maria de Almeida Silva.
“Me sinto honrada pela homenagem. A violência sempre existiu, porém hoje as mulheres estão procurando mais as delegacias, sabem mais sobre os seus direitos. Agradeço aqui o apoio da Guarda Municipal por meio da Patrulha Maria da Penha. Ela nos ajuda, permitindo mais mobilidade e rapidez, pressupostos essenciais quando se trata de ajuda e socorro para mulheres vítimas da violência. Nos auxilia demais na fiscalização das medidas protetivas”, disse a delegada Denise Gobbi Szakal.


Ângela Lopes afirmou que a homenagem foi um marco. “É a primeira vez que uma mulher transexual é reconhecida como mulher. Essa homenagem legitima a nossa luta pelo reconhecimento da nossa identidade como mulher”.


A neta da senhora Cecília Ferreira dos Santos, 106 anos, Helena Maria de Almeida Silva também agradeceu a homenagem feita a avó. “Uma mulher simples, da roça, negra e que sempre lutou contra a discriminação racial e a desigualdade social. “Agradeço em nome da minha vó que com 106 anos está lúcida e ainda cuidando de toda a nossa família”.

Confira a programação do mês da mulher em São Carlos:

Rodas de conversa
15/3 – 9h – Centro de Convivência do Idoso do Zavaglia;
17/3 – 14h – CRAS Santa Felícia;
22/3 – 8h – Centro de Convivência do Idoso Vera Lúcia Pilla;
22/3 – 14h – CRAS Jockey Clube;
23/3 – 14h – CRAS Santa Eudóxia;
30/3 – 14h – Centro de Convivência do Maria Stella Fagá;
Conselho de Direitos da Mulher:
21/3 – 18h30 – Pré-conferência da Mulher;
31/3 – 19h – Conferência da Mulher e eleição de conselheiras;
Palestra:
16/3 – 10h30 – Paço Municipal “Demandas e trajetórias de mulheres em situação de rua no município de São Carlos” – UFSCar;
Inauguração
18/03 – 10h30 – Inauguração da Casa de Passagem Feminina;

A partir do dia 15 de março o Fundo Social de Solidariedade (FSS) oferece manicure gratuitamente para as mulheres. Para fazer as unhas as interessadas devem marcar o dia e horário pelos telefones 3372-0865 ou 3419-7350. O Instituto Mix, a partir de 14/03, em parceria com o Fundo Social, oferece corte de cabelos e também manicure. Para agendar basta ligar no 3415-6750.
No mês de março também será apresentado o Programa 1000 Mulheres, em parceria com o Sebrae e com a participação da OAB, ACISC, CIESP, Promotoras legais e a Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda.