Doria anuncia locais e início da vacinação contra a COVID-19 em SP

Doria anunciou a fase 1

São Paulo começa a vacinação contra a COVID-19 no dia 25 de janeiro de 2021, informou o governador João Doria em coletiva no Palácio dos Bandeirantes na tarde desta segunda, 7. A fase 1 imunizará os profissionais de saúde e pessoas com mais de 60 anos, além de quilombolas e indígenas. A escolha se dá pela incidência de óbitos que perfez 77% entre essas pessoas. Serão 9,5 milhões de pacientes imunizados.

Doria informou que a vacina será gratuita para todos no Estado de SP. O governo do Estado de SP disponibilizará 4 milhões de doses para os estados que pedirem a vacina. O governador explicou que os profissionais de saúde merecem tomar primeiro as vacinas pois estão na linha frente. “Eles são nossos heróis”, assegurou.

O Estado de SP ampliará de cinco mil para dez mil postos de vacinação por todo o território incluindo farmácias, quarteis da PM, escolas, terminais de ônibus e também no sistema drive thru em operação com os municípios do Estado SP. Serão usados 54 mil profissionais no programa paulista. “Não há espaço para negacionismo, somos um mesmo povo, um mesmo país, todos tem que se vacinar”, disse.

Doria disse que o Estado de SP precisa ser mais ágil. “Por que iniciar a vacinação em março se podemos fazer isso em janeiro?”, questionou. “Estamos perdendo 600 vidas todos os dias no Brasil, a vacina não pode ser adiada, a vacina do Butantan, assim como as demais que são  eficazes devem ser aplicadas no povo brasileiro”, emenda.

O governador assegurou que o Brasil precisa voltar ao normal para recuperar empregos e a economia.

Aqui o cronograma da primeira fase: