Doria anuncia que academias, barbearias e salões de manicure não abrirão em SP

Sem academia...

O governador João Doria (PSDB) anunciou em coletiva imprensa no início da tarde desta quarta, 13, que mesmo com o decreto do presidente Jair Bolsonaro classificando como serviços essenciais academias, barbearias e salões de manicure o Estado de SP não seguirá essa regra.

Como os governadores, depois de decisão do STF, tem autonomia para decidir sobre a atuação de cada unidade da federação na pandemia de COVID-19, Doria explicou que numa avaliação com o Comitê de Saúde que cuida da questão do Coronavírus no Estado de SP verificou-se que a situação epidemiológica paulista não permite que este tipo de atividade retorne neste momento, pois o Coronavírus tem alta chance de ser transmitido nestes locais.

O governador disse que a partir do momento que a taxa de transmissão cair, estes serviços serão retomados através do Plano São Paulo, isso se a quarentena foi realmente afrouxada no dia 31 de maio.

 

Imagem de Pavel Jurča por Pixabay