É preciso falar da Gordofobia

Estamos em tempos de mudanças na sociedade e precisamos falar de algo incômodo para milhares de pessoas que é a GORDOFOBIA. Ninguém escolher ser gordo, uns são, outros não.

Uns emagrecem com esforço e dedicação e outros não conseguem, apesar de tentarem sempre. Toda pessoa que é gorda sabe de sua condição, portanto ela não precisa de nenhum outra ridicularizando sua vida. Talvez ela necessite de apoio, compreensão e empatia sobre essa particularidade de sua jornada. Custa ser assim?

Parem com essa asneira também que todo gordo é um cidadão bonachão, ele ou ela são uma pessoa, assim como você, um universo, eles tem seus sentimentos e em algum momento serão legais, bonachões e em outros serão tristes, estressados e etc e assim é a vida.

O gordo (a) é uma pessoa comum, tem dificuldades e sofre muito preconceito por parte de gente que se acha “normal”, mas que não consegue definir bem essa condição. O que é ser normal? Só é normal quem é magro?

Portanto, se você um dia zombou de alguém gordo ou gorda, repense sua vida, saiba que todos podem engordar e isso (ser alvo de preconceito) poderá acontecer contigo no futuro. Não deixe a cabeça de uma pessoa atormentada apenas para seu bel-prazer, você ganha o quê com isso?

As pessoas são iguais independente de ser gorda, magra ou de ter a opção sexual que bem entender. Ninguém merece sofrer preconceito por sua cor, na verdade, o preconceito não deveria existir com nada. Que todos saibamos viver em sociedade. Mais amor, menos ódio.

Renato Chimirri