Edson Fermiano deixa a Prefeitura, mas seu legado de conciliação permanecerá

Dr. Edson deixou a Prefeitura

Na tarde desta segunda, 1, a Prefeitura de São Carlos ficou sem um de seus mais célebres articuladores: o advogado Edson Antonio Fermiano, doutor Edson, pediu exoneração do seu cargo de Secretário de Governo depois de cinco anos e sete meses à frente da pasta.

Edson foi o fiel da balança a favor do prefeito Airton Garcia junto à Câmara Municipal durante todo este período, pois foram através de suas mãos que o governo atual conseguiu aprovar projetos sem ter grandes rusgas com o Legislativo.

Dr. Edson sempre foi uma figura humildade, nunca quis os holofotes, atendeu a todos os vereadores  com um sorriso no rosto e procurou cumprir sua palavra, fator fundamental para que a relação política entre os poderes fosse harmoniosa.

O seu famoso bordão “vai indo bem” se transformou num marco de como as propostas políticas na cidade andavam e aqui vale dizer que Edson Fermiano não foi auxiliar apenas de um prefeito, no caso, Airton Garcia. Ela trabalhou com Dagnone de Melo, Newton Lima e Oswaldo Barba e deu suas contribuições, provando que é um homem de estado, pois se quisesse, não precisaria estar na política, pois tem uma carreira sólida e brilhante construída na advocacia em São Carlos e no Estado de SP, afinal exerceu cargos dos mais importantes na Ordem dos Advogados do Brasil.

A saída de Edson Fermiano da Prefeitura Municipal deve soar como um recado para quem está no poder atualmente. Os que hoje estão na Prefeitura vão precisar se empenhar mais para tentar restabelecer uma relação com o Legislativo, pois a cidade não pode viver uma eterna crise política. Hoje, se tem uma Comissão Processante em curso contra o prefeito, que por sinal deve ter seu direito sagrado de defesa garantido, e assim a cidade precisa seguir seu curso. Nem Câmara, nem Prefeitura devem deter o poder político sobre tudo que há em São Carlos, esse poder está nas mãos do povo que decide quem governa. Contudo, os ritos, as leis precisam ser respeitadas, afinal o Estado Democrático de Direito ainda está em vigor, apesar das inúmeras tentativas do atual governo federal de não valorizar essa condição.

O legado de Edson Fermiano na Prefeitura será o da conciliação. Com ele na Secretaria de Governo, São Carlos evoluiu e sem ele não sabemos que rumo vamos tomar. Ao doutor Edson fica o meu agradecimento e carinho por sempre respeitar e tratar com dignidade a imprensa, mesmo aqueles profissionais que não mereciam este tratamento. Obrigado, dr. Edson Fermiano!

Renato Chimirri