Eleições 2020: Julio Cesar e Sasso, Netto e Marina?

A política em São Carlos ferve. Segundo fontes dos bastidores, há forte possibilidade da chapa Julio Cesar e Antonio Sasso (PL e Podemos) ser formalizada em pouco tempo. Com isso, o vereador, que já foi presidente da Câmara, e Sasso que por anos trabalhou na parte administrativa da Tecumseh do Brasil formem um grupo político (juntando seus respectivos correligionários) com o objetivo de tirar Airton Garcia do poder.

Entretanto, esta não seria a única novidade da política local nesta quarta, 2. Também se diz que caminha para desfecho positivo a aliança entre o PSDB de Netto Donato e o PSD, hoje representado por Marina Melo, filha do ex-prefeito Dagnone de Melo. Alguns observadores da cena política especulam que a jovem Marina poderia ser a vice junto com Netto, segundo colocado na última eleição municipal.

Com isso, Airton, o atual prefeito e candidato à reeleição, deverá ter Edson Ferraz do MDB como vice e poderá contar com o apoio do PTB, sigla que antes poderia apoiar o PSDB, de acordo com apurações feitas pelo jornalista.

As demais candidaturas também começam a definir seus caminhos e São Carlos, mesmo com a pandemia de COVID-19 batendo na tampa e a cidade registrando 40 mortes e milhares de infectados, começa a ganhar um contorno eleitoral. O pleito deste ano deverá ser muito fragmentado em todo o Brasil e o seu resultado não deve ser observado como definitivo para 2022, quando teremos eleições para presidente da República e Governadores. A economia  e a possível recuperação ou derrocada será o fato que definirá quem presidirá o país a partir de 2023.