Em Maringá, morte de Padre por complicações da COVID gera comoção

Ele tinha 37 anos

Aos 37 anos morreu na terça, 23, o padre Sergio Meschini Filho que era pároco da Igreja do Sagrado Coração em Maringá, no Paraná. Ele estava internado na Santa Casa daquela cidade e foi vítima da COVID-19. Sua morte causou comoção em toda o Estado.

Padre Sergio era mestre em direito canônico e queria ser doutor na área, ele faleceu na presença dos irmãos e do padre Altair Ciarllo, de acordo com a Arquidiocese de Maringá.

O arcebispo de Maringá decretou luto oficial. “Padre Sérgio deixa um legado de amorosidade e dedicação à Igreja. Comunico meus sinceros sentimentos aos familiares, em especial à mãe do padre Serginho”, disse o Arcebispo de Maringá, Anuar Battisti.

O prefeito de Maringá, Ulisses Maia, também manifestou pesar pelo falecimento do padre.