Em reunião com CPI da Saúde, MP pede mais restrições e a implantação de barreiras sanitárias em São Carlos

Vereadores estiveram no MP

O presidente da CPI da Saúde, Marquinho Amaral, conversou na manhã desta terça, 15, com o São Carlos em Rede e explicou que a reunião entre os membros da CPI (Marquinho Amaral, Elton Carvalho, Bruno Zanchetta, Dé Alvim e Azuaite França), além do presidente da Câmara, Roselei Françoso e representantes do Ministério Público serviu para que o MP pudesse mostrar o que vem sendo realizado pelo órgão em São Carlos durante esse período de pandemia de COVID-19. “A promotoria nos passou o que vem sendo efetivado até agora e que foi enviado à Prefeitura um pedido de restrições maiores em São Carlos até o avanço da vacinação”, ressaltou.

Segundo Marquinho, o MP entende que até setembro o processo de vacinação avançará consideravelmente em São Carlos. O vereador enfatizou que o promotor Luciano Garcia Ribeiro explicou que ocorrerá um encontro amanhã entre o MP, o Comitê de Combate ao Coronavírus e também o Secretário de Saúde, Marcos Palermo, para debater o caso. “Antes disso, o promotor quis conversar com a CPI e trouxemos o presidente da Casa, Roselei Françoso para participar da reunião”, destacou.

De acordo com o vereador, o promotor tem uma ação que corre em segredo de justiça com mais de 15 volumes. “A promotoria nos explicou as atitudes que estão sendo tomadas e a principal pauta do encontro foram as restrições e a instalação de barreiras sanitárias nas entradas de São Carlos, isso será discutido amanhã durante reunião”, ressaltou.

Marquinho informou que estará presente à reunião na Prefeitura, pois foi nomeado pelo presidente da Câmara como representante do Legislativo no Comitê de Combate ao Coronavírus. “Participarei de todas as reuniões”, afirmou.

Dados

O Coronavírus continua fazendo a festa em São Carlos. Atualmente, são 20.983 casos positivos desde o início da pandemia e 395 mortes confirmadas. Somente ontem, foram mais 181 casos positivos da doença atestados por meio de exames. Hoje, a taxa de ocupação de leitos para a COVID-19 via SUS é de 97,7%. São 43 adultos internados em UTI e apenas uma vaga disponível. Vale dizer que 8 pessoas estão na fila esperando transferência para outros hospitais via sistema CROSS.

O levantamento da Prefeitura que apontou o Aracy como o bairro com mais notificações (no total 631) para a COVID-19 em São Carlos nos últimos 30 dias é um sinal de que a região precisa de maior atenção por parte da administração municipal, o Centro tem apenas 196 confirmações e está sem segundo lugar.

O que salta aos olhos de quem analisa os números é a faixa etária onde os casos de COVID prevalecem em São Carlos que atualmente são os jovens de 18 aos 30 anos com 252 casos positivos, o que corrobora com a tese de que a doença mudou o perfil do paciente. Muitas vezes, esses jovens chegam ao hospital precisando de UTI, setor que como vimos nesta nota, está completamente tomado.

A faixa de 31 a 40 anos está segundo lugar com 220 casos positivos, 41 a 50 anos ficou em terceiro lugar com 183 positivos, 61 a 70 com 50 confirmações e maior que 71 com apenas 27. Menores que 18 foram 82 positivos.

Veja o quadro de contaminações por idade e também por bairro:

Quadro por idade
Quadro por bairros