Empresa faz recall de toalha umedecida por apresentar bactéria

Empresa anuncia recall de toalha

O Procon-SP, vinculado à Secretaria da Justiça e Cidadania, orienta os consumidores sobre seus direitos, no que diz respeito ao recall da Kimberly-Clark Brasil Indústria e Comércio de Produtos de Higiene Ltda. A empresa deverá apresentar os esclarecimentos que se fizerem necessários, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor, inclusive com informações claras e precisas sobre os riscos para o consumidor.

 

A empresa informa que o lote número 024, produzido somente no período das 6h às 9h do dia 24/1/19, apresenta presença da bactéria Enterobacter gergoviae, encontrada naturalmente no ambiente e no organismo humano. Segundo o fabricante não há risco à saúde em indivíduos saudáveis, mas nos que possuem o sistema imunológico comprometido, pode causar infecções tratáveis com assistência médica. Em casos extremos de pessoas que, além do sistema imunológico comprometido, estejam hospitalizadas e apresentem doenças pré-existentes, a infecção pode se tornar severa e requerer assistência médica adicional para se evitar risco de vida.

A Kimberly-Clark recomenda-se, a quem adquiriu esse lote do produto, suspenda a sua utilização. A empresa realizará o recolhimento do produto, substituindo-o ao consumidor ou ressarcindo os valores pagos. Para mais informações disponibiliza o telefone 0800 709 5599, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h e o site www.kimberly-clark.com.br/contato
Os consumidores que sofreram algum tipo de acidente, pela manipulação do produto, poderão solicitar, por meio do Judiciário, a reparação dos danos eventualmente sofridos.
O Procon-SP mantém, desde 2002, um banco de dados com informações sobre todas as campanhas de recalls realizadas no Brasil: http://sistemas.procon.sp.gov.br/recall/.
Fonte: Procon-SP
Assessoria de Comunicação