Enfermeira oferece dicas sobre uso correto de máscaras

Uso correto de máscaras é importante/Pixabay

Com a pandemia do novo coronavírus, existem alguns tipos de máscaras recomendáveis para a população, caso seja necessário o uso, segundo a enfermeira responsável técnica da Atenção Básica de Saúde da Prefeitura, Nathália Tomazim Rios.

 

Na terça-feira (14), em entrevista ao Canal Direto com a Prefeitura – Especial Coronavírus, via Facebook da Prefeitura de Araraquara, Nathália deu dicas sobre como colocar e retirar adequadamente o produto do rosto para evitar riscos de auto contaminação e o descarte correto. Vale reiterar, entretanto, que a melhor forma de proteção contra a Covid – 19 (doença causada pelo novo coronavírus) é o isolamento social, recomendou a enfermeira.

 

Um dos tipos de máscara recomendável é a de tecidos, como algodão. Como pode ser higienizada e reutilizada por ser lavável com água e sabão, é uma das mais utilizadas neste período.

 

Outra máscara bastante procurada, e por isso está em falta no mercado, segundo disse a enfermeira, é a de TNT cirúrgica, cuja densidade 30 oferece maior grau de proteção.

 

Nathália Rios também falou sobre as máscaras dos modelos N95 e PFF2, que só devem ser usadas por profissionais da saúde, já que oferecem maior proteção contra aerossóis – minúsculas partículas respiratórias.

 

“Na hora da utilização, é importante colocar e retirar a máscara sempre pelo elástico e nunca colocá-la abaixo do queixo”, explicou a enfermeira da Atenção Básica de Saúde.

 

Importante também é sempre higienizar as mãos antes e depois do uso individual das máscaras e independentemente dessa pandemia, conforme acrescentou.

 

Dica básica

Nathália retificou a importância da higienização constante porque doentes assintomáticos da Covid -19, principalmente jovens, só transmitem a doença por contato. Já os doentes sintomáticos transmitem o vírus pelo contato ou por meio de equipamentos de uso comum, como talheres, e por gotículas respiratórias.

 

A enfermeira da Prefeitura também destacou a importância das doações de máscaras feitas por empresários da cidade a profissionais de saúde. Por isso fez questão de agradecer publicamente à iniciativa do setor empresarial.

 

Também vale lembrar que após o uso, as máscaras devem ser colocadas embaladas em sacos plásticos amarrados e descartadas no lixo comum. Não devem ser descartadas no lixo reciclável para evitar a contaminação em trabalhadores que atuam na coleta seletiva.

 

Isolar é preciso

Independentemente do uso ou não da máscara, é recomendável o distanciamento mínimo de um metro as pessoas durante a pandemia. É que ao espirrar, tossir ou simplesmente falar, as pessoas estão expelindo gotículas que podem estar contaminadas com o vírus, conforme ainda lembrou a enfermeira.

 

Mas a recomendação mais importante para a população continua sendo a quarentena, reforçou Nathália. Até porque, às vezes nem o uso de um equipamento individual de proteção evita a contaminação pelo vírus, por conta do contato direto, do levar as mãos ao rosto, boca ou nariz, ou pela aproximação entre as pessoas.