Estado libera R$ 10,5 milhões para obras contra as enchentes em São Carlos

Doria recebeu Airton Garcia

 Governador João Doria assinou nesta terça-feira (27) quatro convênios de infraestrutura urbana com o município de São Carlos para reformas emergenciais contra enchentes em pontos atingidos pelas fortes chuvas ocorridas em novembro de 2020. Os recursos, firmados por meio da Secretaria de Desenvolvimento Regional, somam R$ 10,5 milhões. Os convênios foram assinados menos de 30 dias após a documentação completa ser enviada pela Prefeitura de São Carlos.  

A cerimônia ocorreu no Palácio dos Bandeirantes e contou também com a participação do Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, e do Prefeito de São Carlos, Airton Garcia. 

“Todos os projetos foram apresentados pela Prefeitura de forma completa, atendendo às recomendações do Governo de São Paulo. Era importante que nós tivéssemos os projetos para poder viabilizar a destinação dos recursos. Agora os recursos serão liberados o mais rapidamente possível”, disse Doria.  

Serão repassados R$ 540 mil para reformas no muro de contenção localizado no Jardim Gonzaga; R$ 7,01 milhões para obras de pavimentação e drenagem no Parque São José; R$ 1,05 milhão para reforma de galerias no córrego Mineirinho; e R$ 1,9 milhão para ampliação de vazão no córrego Monjolinho.  

“Sabemos que as fortes chuvas impactaram São Carlos em alguns pontos importantes e existe a possibilidade que aconteçam chuvas que possam impactar igualmente a cidade. A verba repassada pelo Estado demonstra a palavra do Governo de São Paulo com a prefeitura”, pontuou o Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi. 

A Secretaria de Desenvolvimento Regional recebeu os projetos executivos necessários e a documentação relativa às intervenções urbanas em fevereiro de 2021 e um complemento solicitado foi enviado no início de abril. A equipe técnica da Subsecretaria de Convênios com Municípios e Entidades não Governamentais da pasta analisou os documentos e o projeto executivo e, após este processo, foi possível a celebração dos convênios.  

“Recebemos os documentos necessários dia nove de fevereiro e no início de abril foi enviado o complemento solicitado. Em um prazo curto, e período crítico da pandemia, conseguimos grande agilidade. Toda a equipe técnica da Subsecretaria se envolveu entre análise, trâmites internos e administrativos para podermos formalizar o convênio ainda em abril,” explicou a Subsecretária de Convênios, Ivani Vicentini.