Ex-PM mata a própria família e se suicida em Sertãozinho, diz polícia

Perícia esteve no local

Uma família (pai, mãe e filho) foram encontrados mortos na tarde de ontem, 10, numa casa no bairro Bandeirantes em Sertãozinho. A principal hipótese trabalhada pela Polícia Civil é de homicídio, seguido por suicídio.

No caso, um ex-PM de 43 anos teria atirado contra a mulher de 39 e o filho de 21, depois se matou dentro de sua casa. A arma usada no crime foi uma espingarda calibre 44. Ela foi apreendida.

Um amigo do ex-policial foi até a casa depois de receber mensagem no celular. Sem contato com o suspeito, a polícia foi acionada e dentro da casa encontrou os corpos. Mãe e filhos estavam nos quartos e o pai na sala, todos com ferimentos na cabeça.

Os corpos foram levados ao Instituto Médico Legal (IML).