Fábrica das Pastilhas Valda explode no RJ

Fábrica explodiu

Por Akemi Nitahara – Repórter da Agência Brasil – Rio de Janeiro

Uma explosão ocorrida em uma fábrica de Pastilhas Valda, na Gardênia Azul, zona oeste do Rio de Janeiro, deixou cinco pessoas feridas no fim da tarde de ontem (7). O Corpo de Bombeiros informou que o quartel da Barra da Tijuca foi acionado às 16h25 para a ocorrência na Avenida Canal do Anil, 1263.

Os bombeiros atenderam cinco vítimas com ferimentos leves, sem necessidade de levá-las para um hospital, e terminaram o trabalho de rescaldo às 18h52. Imagens veiculadas pela imprensa mostram que o impacto da explosão derrubou o muro de um condomínio vizinho à fábrica e a onda de choque quebrou janelas de alguns apartamentos.

A Defesa Civil municipal fez a vistoria no condomínio e constatou danos em cerca de 20 apartamentos, mas sem a necessidade de retirada de nenhuma família.

“O deslocamento de ar causou alguns danos (como janelas, grades e eletrodomésticos quebrados) em 20 apartamentos do bloco 2 do Condomínio Cores da Mata, ao lado da fábrica, mas sem causar comprometimento estrutural, de acordo com os técnicos. Não foram feitas interdições no condomínio e os apartamentos já foram liberados para os moradores. O setor de caldeira da fábrica foi interditado”, informou a Secretaria de Ordem Pública (Seop).

A reportagem tentou contato com a empresa, mas não obteve retorno.

Foto: Reprodução da TV