Frente Fria avança e muda o tempo em São Carlos e no resto de SP

Frente fria chegou

Depois de um final de semana de sol em todo o estado de São Paulo o paulistano e o fluminense irão sentir uma mudança no tempo a partir desta terça-feira.

É que uma nova frente avança pelo litoral do Sudeste e vai provocar aumento de nuvens, chuva, ventos fortes. De acordo com os meteorologistas, além da chuva está previsto queda de temperatura em parte do Sudeste. Veja:

SÃO PAULO

A passagem de uma frente fria por São Paulo nesta terça-feira, 13, provoca chuva e ventos fortes em parte do estado, mas quem irá mais sentir os efeitos deste sistema é a faixa leste paulista. Na capital paulista, Vale do Paraíba e litoral sul, a madrugada será chuvosa e a terça-feira amanhece nublada e com garoa. Em Sorocaba as nuvens aumentam, mas a chance de chuva é pequena. Em Campinas, pode chover rápido. De uma forma geral, os ventos vão trazer um ar mais frio e a temperatura mínima do dia irá acontecer à noite na região de Campinas, Sorocaba e da cidade de São Paulo.

São Carlos amanheceu com o tempo fechado, mas sem chuva. A temperatura é amena, porém a ventania que corta a cidade deixa a impressão de mais frio. A tendência é de que no período noturno o frio se acentue um pouco mais, justamente por causa dos ventos.

Mar agitado no litoral de SP

Já na Baixada Santista e litoral norte, o tempo segue bastante chuvoso no decorrer do dia. Por causa da atuação de um ciclone extratropical em alto-mar, o vento sopra intenso sobre o oceano e de forma persistente. O mar fica agitado e algumas séries de ondas grandes chegam ao litoral. Não se descarta a ocorrência de ressaca nas praias do litoral norte.

No sudoeste do estado, o calor e a umidade presente na atmosfera vão colaborar para o crescimento de nuvens que vão provocar pancadas de chuva isoladas com raios. Nas demais áreas paulistas, esta terça-feira será um dia de sol com rajadas de vento de entre 40 a 60km/h.

Na quarta-feira, o litoral sul amanhece nublado com garoa. No litoral norte ainda pode chover a qualquer hora. Na capital e Baixada Santista, o sol aparece ainda pela manhã entre nuvens e a possibilidade de chuva é pequena. Ainda faz um certo friozinho e o mar segue agitado com ventos moderados a fortes na costa. A temperatura começa a subir um pouco na quinta-feira.

A sua foto pode ser capa das matérias do site da da Climatempo! #fotografeotempo e envie para nós!

RIO DE JANEIRO

Uma nova frente fria chega ao Rio De Janeiro e as áreas de instabilidade deste sistema se espalham pelo estado e provocam chuva de moderada a forte intensidade. A chegada deste sistema provoca chuva e ventos fortes, com alerta de temporais entre Paraty e a cidade do Rio de Janeiro. Os ventos frios começam a soprar e a temperatura cai. A mínima do dia acontece à noite na capital e em Paraty.

Risco de ressaca

Com a atuação do ciclone extratropical, os ventos sopram persistentes sobre o oceano e o mar fica bastante mexido e agitado, com risco de ressaca desde o litoral sul fluminense até a região dos Lagos.

Na quarta-feira as instabilidades persistem na região de Paraty e o tempo fica instável com chuva a qualquer hora. Na capital e nas demais áreas do estado, o sol aparece e chove de forma rápida e passageira. O mar continua agitado.

MINAS GERAIS

Uma massa de ar seco cobre boa parte de Minas Gerais e mantém o tempo firme nesta terça-feira. Em relação à chuva, a frente fria não terá grande influência para mudar o tempo de vez no estado. Apenas, o leste mineiro vai registrar aumento de umidade e a diminuição do calorão. Áreas da Zona da Mata Mineira que fazem divisa com o interior do Rio de Janeiro podem registrar pancadas de chuva moderadas a fortes, com raios e ventania. Na Grande Belo Horizonte , chove de forma passageira.

Na quarta-feira, os ventos úmidos que sopram do mar mantém as condições favoráveis a pancadas de chuva isoladas em todo o leste de Minas Gerais. Nas demais áreas, o ar seco atua e inibe a formação de nuvens de chuva.

ESPIRITO SANTO

O sol aparece no Espírito Santo nesta terça-feira, 13. No noroeste do estado, o ar seco inibe a chuva. Na capital, Vitória , e nas demais localidades capixabas, a influência da frente fria favorece o aumento da umidade e as condições para chuva isoladas com raios e rajadas de vento soprando entre 40 e 60km/h por todo o estado. O mar fica agitado em todas as praias.

Na quarta-feira, o sol aparece no estado com aumento de nuvens e previsão de pancadas de chuva isoladas com raios no noroeste capixaba, divisa com Minas Gerais. Na capital e demais áreas chove de forma rápida e passageira.

Sobre a Climatempo

Com solidez de 30 anos de mercado e fornecendo assessoria meteorológica de qualidade para segmentos estratégicos, a Climatempo é sinônimo de inovação. Foi a primeira empresa privada a oferecer análises customizadas para diversos setores do mercado, boletins informativos para meios de comunicação, canal 24 horas nas principais operadoras de TV por assinatura e posicionamento digital consolidado com website e aplicativos, que juntos somam 20 milhões de usuários mensais.

Em 2015, investiu na instalação do LABS Climatempo, no Parque Tecnológico de São José dos Campos (SP), que atua na pesquisa e desenvolvimento de soluções para tempo severo, energias renováveis (eólica e solar), hidrologia, comercialização e geração de energia, navegação interior, oceanografia e cidades inteligentes. Em 2019, a Climatempo passou a fazer parte do grupo norueguês StormGeo, líder global em inteligência meteorológica e soluções para suporte à decisão, e dois anos depois, em 2021, uniu-se à Somar Meteorologia, formando a maior companhia do setor na América do Sul. A fusão das duas empresas impulsiona a Climatempo a ser protagonista global de fornecimento de dados e soluções para os setores produtivos do Brasil e demais países da América Latina, com capacidade de oferecer informações precisas de forma mais ágil e robusta.

O Grupo Climatempo segue presidido pelo meteorologista Carlos Magno que, com mais de 35 anos de carreira, foi um dos primeiros comunicadores da profissão no país.