Governo de São Paulo faz a maior oferta do Bolsa Trabalho na região de São Carlos

Inscrições abertas

Estado pagará bolsa-auxílio de R$ 540 por até cinco meses, além de curso de qualificação; interessados podem se inscrever no portal do Bolsa do Povo

O Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, abriu inscrições para 100 mil vagas do Bolsa Trabalho no estado, sendo 3.220 na região de São Carlos, a chamada Central. Os participantes recebem bolsa-auxílio de R$ 540 por até cinco meses para atividades de trabalho em órgãos públicos municipais e estaduais durante quatro horas diárias por cinco dias na semana, além de realizarem um curso de capacitação profissional. Os interessados podem se inscrever até o dia 17 de junho no site www.bolsadopovo.sp.gov.br.

“Auxiliar as pessoas mais vulneráveis na requalificação e recolocação profissional é um dos focos da Secretaria de Desenvolvimento. Hoje o país tem inflação e taxa de juros elevadas e um ambiente macroeconômico que penalizam demais as pessoas e o mercado de trabalho. O Bolsa Trabalho é uma oportunidade para, não só ajudar financeiramente, como qualificar para o futuro”, comentou Zeina Latif, secretária de Desenvolvimento Econômico.

Reformulado em 2021, o Bolsa Trabalho ofereceu 30 mil vagas no último ano. Em janeiro deste ano, o Governo de SP anunciou 150 mil vagas para 2022 com prioridade para mulheres. Para a maior expansão do Bolsa Trabalho na história, foram investidos mais de R$ 415 milhões. 

Alexandre Castilho, 49 anos, é pessoa com deficiência e um dos participantes do Programa, conta como se beneficiou com a iniciativa. “Com o Bolsa Trabalho tive a oportunidade de realizar tarefas administrativas, organizava e escaneava documentos. Gostei muito da experiência, eu estava desempregado há sete meses e com o programa consegui ter uma renda e me qualificar. Tenho muito interesse em participar novamente”, disse.

Para participar é necessário ser maior de 18 anos, residente do estado de São Paulo, desempregado e com renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa.

A participação feminina no Programa Bolsa Trabalho atingiu marca histórica: 94% das vagas na primeira etapa foram preenchidas por mulheres. O Programa Bolsa Trabalho é desenvolvido pelas secretarias de Desenvolvimento Econômico e de Governo, realizado em parceria com municípios cadastrados no programa. 

Inscrições

Para se inscrever, o cidadão deve acessar o portal do Bolsa do Povo (www.bolsadopovo.sp.gov.br) e clicar no ícone Bolsa Trabalho. A convocação será feita por meio de publicação no Diário Oficial. Em caso de dúvidas, o cidadão pode entrar em contato na Central de Atendimento: 0800 7979 800 (segunda a sexta, das 8h às 18h). O atendimento eletrônico é 24h: (11) 98714-2645 – WhatsApp.

Sobre a Secretaria de Desenvolvimento Econômico

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico exerce papel fundamental para atrair investimentos ao Estado, fomentar o empreendedorismo com foco na geração de emprego e renda e incentivar a inovação tecnológica. Além disso, oferece qualificação profissional para atender as demandas atuais e futuras do mercado de trabalho.  Entre os principais programas da pasta destacam-se o Bolsa Trabalho, Bolsa Empreendedor, IdeiaGov, Banco do Povo, Empreenda Rápido e Minha Chance. No total, são 11 órgãos vinculados à secretaria, como o Centro Paula Souza,  Instituto de Pesquisas Tecnológicos (IPT), Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e Universidade de São Paulo (USP).