Governo do Estado repassará R$ 1 milhão para São Carlos investir em iluminação pública

Airton esteve em SP

O prefeito Airton Garcia, juntamente com o coordenador Estadual de Cidades Inteligentes, Netto Donato, do secretário de Serviços Públicos, Mariel Olmo e do chefe de gabinete José Pires (Carneirinho), participou na quarta-feira (23/06), no Palácio dos Bandeirantes, do lançamento do programa Cidades Inteligentes, iniciativa que prioriza a desburocratização administrativa e estimula soluções tecnológicas para questões ligadas ao planejamento urbano sustentável. Com investimentos de R$ 15 milhões em sua primeira etapa, o Cidades Inteligentes vai levar iluminação pública de ponta a 11 municípios, entre eles São Carlos. Barra Bonita, Campos do Jordão, Fernando Prestes, Ferraz de Vasconcelos, Holambra, Iguape, Lorena, Pirajuí, São Luiz do Paraitinga e Santo Antônio do Pinhal também foram contemplados.


“Agradeço o Governo do Estado e vamos ampliar o trabalho que já estamos fazendo em São Carlos na modernização do nosso parque luminotécnico. A pedido da Prefeitura a Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL), está fazendo um investimento de R$ 8 milhões para a modernização da iluminação pública com luzes de LED (light-emitting diode). Com mais essa ajuda vamos estender o serviço para outras regiões da cidade”, disse o prefeito Airton Garcia.


Mariel Olmo, secretário de Serviços Públicos, garante que com esses recursos do Governo do Estado vai ser possível substituir mais 1.200 lâmpadas por novos dispositivos de iluminação com tecnologia LED. “Desde o início da modernização da iluminação pública na cidade, 7.600 pontos de iluminação pública já foram substituídos pela nova tecnologia em diversas ruas, rotatórios e avenidas, sem custo algum para o município. Em breve vamos divulgar o cronograma desse novo investimento e quais regiões da cidade serão atendidas”, explicou o secretário Olmo.


No total o município vai investir R$ 9 milhões em iluminação pública, porém sem custo algum para a Prefeitura já que a CPFL está bancando R$ 8 milhões para trocar 10.130 pontos de iluminação pública, o que corresponde a 1/3 da iluminação da cidade. A substituição das lâmpadas, que variam com a potência de 70 a 115 watts, além de melhorar a iluminação, irá gerar uma economia de 60% no consumo de energia. Com o repasse do Estado e mais 1.200 lâmpadas trocadas esse percentual pode ultrapassar 75%.


De acordo com o coordenador Estadual de Cidades Inteligentes, Netto Donato, a Prefeitura agora deverá elaborar um projeto e repassar os locais que serão contemplados com esse novo investimento. Essa união entre município e estado certamente trará muitos benefícios para a cidade”.


A iluminação eficiente garante mais segurança no trânsito e facilita o patrulhamento policial no período noturno.