Greve dos professores estaduais está encerrada

A greve dos professores estaduais já durava 94 dias, mas ontem, 8, em  assembleia realizada no ginásio Gigantinho, em Porto Alegre, os professores resolveram encerra-la. As aulas serão retomadas na próxima segunda-feira. No mesmo dia, vai ser iniciada a organização para a recuperação das aulas perdidas.

O formulação do calendário de recuperação das aulas ficará por conta de cada escola. No entanto, o calendário será submetido ao conselho escolar e, se aprovado, encaminhado para a coordenadoria regional da Secretaria de Educação.

Após a votação, houve um princípio de confusão entre integrantes da oposição da gestão do Cpers e apoiadores da presidente do sindicato, Helenir Schürer. Os oposicionista discordam da decisão de encerrar a greve.

“Somente uma categoria unificada e fortalecida pode impedir o avanço dos ataques do governo Sartori. O bom combatente sabe a hora certa de recuar e reunir forças para fazer a resistência novamente. E é isso que esta aguerrida categoria fará a partir de agora, através do nosso calendário de fortes mobilizações pelo o Estado”, afirmou a presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer.

 

Foto: Ceprs